Recomendação | Gotham, porque devemos dar uma chance a série

Gotham é uma série de produção norte-americana, criada por Bruno Haller, baseada em personagens que aparecem em publicações da DC Comics, franquia do Batman, focada principalmente em Jim Gordon e na juventude de Bruce Wayne. As que comentarei são a primeira e segunda temporada somente.

RECEPÇÃO

A série foi elogiada pela crítica, conseguindo uma classificação de 90%  de consenso no Rotten Tomatoes .  Atores como Jada Pinkett Smith e Bem McKenzie, foram bastante elogiados também pelo mergulho nos personagens.

A SÉRIE

A primeira temporada foca na chegada do recruta no DPGC chamado de James Gordon que trabalhará em conjunto com o veterano Harvey Bullock , para resolver os maiores casos de assassinatos de Gotham City, sendo destaque o caso de Martha e Thomas Wayne. Ao longo da historia , Gordon se envolve com as famílias e associados da máfia de Gotham incluindo a gangster Fish Mooney. Ao mesmo tempo que vai formando uma amizade com o jovem Bruce Wayne, que irá moldar o caráter do menino que irá se tornar futuramente o Batman.

Vale ressaltar que a versão do Bruce Wayne mais jovem, interpretado por David Mazouz manda bem na atuação também, principalmente nos primeiros episódios. Somente tendo um porém , foram desenvolvidos  arcos de historias desnecessários pra ele , tornando-o chato, principalmente ao lado de Selina Kyle, que não é uma personagem ruim, mas foi usada de forma apática. Está temporada é considerada a mais fraca sem duvida.

A segunda temporada  que teve como subtítulo “A Ascensão dos Vilões” e assim seguiu a lógica de uma série policial com indícios do cânone estabelecido nos quadrinhos do Batman. a série aprendeu com os erros da temporada anterior, escutou as críticas e voltou com tudo nesta segunda temporada. É escolhida para ambas as temporadas, muito mais na primeira, uma fotografia mais sombria, as paleta de cores utilizadas no filtro são mais escuras, beirando entre o cinza e preto. Os cenários variam , alguns bonitos, outros como uma pegada mais  ‘suja’’, e outros neutros.

Nos episódios iniciais, Jim Gordon lida com uma série de eventos que estão sendo secretamente orquestrados por Theo Galavan e sua irmã Tabitha como parte de um plano elaborado para assumir Gotham. Posteriormente no segundo arco chamado de’’ A Ira dos Vilões’’, a série da uma oscilada na trama, a Corte das Corujas aparecem . E Vilões clássicos como Mr. Freeze e Azrael , começam a aparecer.

O Coringa que todos amariam ver nos cinemas, esta aqui, uma versão mesmo que jovem ainda, melhor que a apresentada na versão atual que estreou em Esquadrão Suicida , interpretado por jared Leto. É o responsável por toda essa ação e por toda essa reviravolta em Gotham no começo da segunda temporada inclusive.

Se você ainda não assistiu a série , de uma chance , que no mínimo você irá se divertir. E verá personagens icônicos das historias do Batman, sendo melhor desenvolvidos até melhor que nos cinemas. Tem lá seus exageros na atuação principalmente no inicio mas vai diminuindo com o tempo. Uma das poucas séries de qualidade da baseada em personagens da DC Comics no momento, e que é um pouco ”’deixada de lado”, enquanto outras do canal The CW com qualidade duvidosa ganham destaque.

Showrunner: Bruno Heller

Direção: Vários

Roteiro: Vários

Elenco: Ben McKenzie, Donal Logue, David Mazouz, Zabryna Guevara, Sean Pertwee, Robin Lord Taylor, Erin Richards, Camren Bicondova, Cory Michael Smith, Jada Pinkett Smith, Drew Powell, Morena Baccarin.

  • Lois Lane: A Linguaruda.

    Conclui a 1ª temporada e me apaixonei pela série. Ela é bem produzida. Amo o elenco e a ambientação, é tudo muito bem feito e até surpreende, visando que o orçamento de uma série televisiva é infinitamente menor, comparado ao de grandes produções cinematográficas. E a minha expectativa pela 2ª temporada é grande! Eu só leio elogios a respeito dela.

  • kamalla

    Ótimo post Angel. Hmm não sei se darei chance , irei pensar,não gosto muito das produções da DC. Se Você diz que é boa, devo conferir alguns episódios.

  • The Flash ( Angel )

    A segunda temporada é melhor produzida, e já começa bem movimentada. Gosto do clima noir da série também. A segunda foi elogiada pelas mudanças, retirando” casos da semana”, para uma estrutura voltada para arcos, algo semelhante que aconteceu com Agent’s of SHIELD na segunda temporada também. A terceira temporada vem sendo bastante elogiada, começarei a assistir esta semana em breve lanço a crítica completa.

  • The Flash ( Angel )

    Muito obrigado Kamalla. Voce pode iniciar pela segunda temporada, ou assistir os últimos episódios da primeira, não ficará perdida fica tranquila.Fiz o mesmo com AoS.

  • Mulan moon

    Recomendação excelente. Maratonei Gotham, estou na metade da segunda, e já estou louca para assistir a terceira temporada.Ela , Preacher e Lucifer são as únicas que prestam da DC, sendo as duas ultimas do selo adulto Vertigo, uma pena que não tenha mais séries de qualidade da DC.

  • The Flash ( Angel )

    Muito obrigado Mulan. Verdade, essas três, principalmente Preacher, a melhor até agora, são as únicas.

  • Kal-El de Krypton

    Tentei assistir mas não consegui passar do sexto ep, não to criticando a serie em si, mas graças a ela descobri que pra mim Gotham se resume ao Batman (e também ao Asa Noturna quando o mesmo vai pra la).

  • Hannibal Hester

    Ótima recomendação Angel! Eu vi até a metade da segunda temporada e tenho que me atualizar kkkkkkkkkkkkkk.

  • Olha, eu não vou falar que nunca dei uma chance para a série, porque eu dei.
    Assisti a cena de abertura, que mostra a morte dos pais do Bruce, e mano, achei totalmente ridícula!
    Aquilo me deu uma repulsa tão grande, que nunca mais quis saber da série. Sim, eu sei que sou meio radical… kkkkkk

  • The Flash ( Angel )

    KKK Normal amigo, os primeiros episódios da primeira temporada não são legais, as coisas melhoram no final da primeira. Já a segunda é muito superior, a terceira pelo o que comentam mais ainda. O Coringa jovem desta série ganha de lavada da versão do Jared Leto!

  • The Flash ( Angel )

    Muito obrigado amigo. Eu vou embarcar na terceira temporada em breve, estou ansioso.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Dcneco safado. Não sei se é o meu ódio (irracional) pelo Batman, mas eu também não gostei dessa série. Acho totalmente ridicula a ideia de uma série que tem como premissa mostrar a infância de um herói. Se fosse a infância do Demolidor ou do Homem-Aranha, eu acharia uma bosta do mesmo jeito.

  • The Flash ( Angel )

    Olha os 6 primeiros episódios da primeira são fracos realmente, os últimos que melhoram. Já a segunda se quiser começar por ela, sem problemas, é muito melhor. É como Agents of SHIELD se transforma.

  • Kal-El de Krypton

    O meu problema com a serie é a proposta dela, não tenho o menor interesse em Gotham City antes do Batman. Entendo quem gosta, mas definitivamente não é pra mim.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Essa marveca é demais…kkkkkkkkkkkk

  • The Flash ( Angel )

    kkkkk ei voce é marveco não gosta de nada da DC hum. Pelo contrario Pedro, apesar da proposta ser esta, o Jim Gordon que é o protagonista, e alguns vilões são mais desenvolvidos do que os’ ‘heróis.” Bruce Wayne não é o foco principal, ele apenas faz parte do universo, para sabermos que um dia ele será o Batman basicamente.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    É o meu caso, meu amigo. Esse papo de série focada na infância de um personagem é totalmente sem sentido para mim.

  • The Flash ( Angel )

    Entendo. Uma pena pois to gostando do desenvolvimento do Coringa, o melhor personagem da série. É bastante inspirado em piada mortal que conta o seu passado.

  • Kal-El de Krypton

    Eu também velho, não tenho paciência pra ver a infância do herói e apesar dela não ser o foco continua não me interessando, pois eu também não quero ver o Policial que um dia vai ajudar ele.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sou marveco assumido, mas gosto de várias coisas da DC, meu amigo, mas essa série não é uma delas. Seria a mesma coisa de uma série chamada Hell’s Kitchen, que mostraria a infância do Matt e o surgimento do Rei do Crime. Isso nada mais é que gastar a imagem dos personagens.
    Minha opinião, é claro.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Mesma coisa. Se eu quiser ver Batman, eu irei ver Batman, não Gotham e etc. Não sou fã de spin offs.

  • Kal-El de Krypton

    Pra mim a melhor coisa em Gotham é o Batman, e o Batman por outro lado só vejo graça a partir do momento que ele vai treinar pra ser o vigilante que ele ta destinado a ser.

  • Kal-El de Krypton

    Entendo muita gente curte os vilões da serie, tenho um amigo que disse que até o Pinguim é bacana.

  • The Flash ( Angel )

    Ué uma série mostrando a origem do Rei do Crime seria genial. Olha que o ator sustenta viu kkkkkkkk Depende do ponto de vista realmente, não vejo problema de ver a infância do Bruce, que não aparece tanto alias. Agents of SHIELD foi o mesmo caso, não na trama claro, mas no desenvolvimento começou ruim e ficou muito bom, hoje a melhor série de TV aberta.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Acho um saco a DC espremer o Batman até a última gota… ou melhor, até a última Gotham.
    Que piada horrível…kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • The Flash ( Angel )

    Sim o Pinguim é muito bom, ele basicamente também é o protagonista. E condiz com a idade que ele terá quando o Bruce se tornar o Batman, assim como o Coringa.

  • The Flash ( Angel )

    kkkkkkkkkkkkkkkk

  • kamalla

    HAUHAUHAUHAU Sou mesmo. A Marvel ganha até nas séries de TV.

  • Kal-El de Krypton

    Mas o Rei do Crime tem uma infância bem “agitada” além de triste como o ep do Demolidor mostrou. Uma serie que mostrasse ele começando como um membro de gangue até se tornar o nome mais temido do crime daria certo.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    O Rei do Crime já teve a sua origem contada em “um episódio” na primeira temporada de Demolidor. Aquilo foi o suficiente para mim. Por mais que eu ame o personagem, eu jamais ficaria preso em uma série mostrando a origem dele.

  • kamalla

    Tenho que concordar, e no cinema se caminha para o mesmo caminho. Pistoleiro, Sereias de Gotham, Esquadrão Suicida 2 e The Batman. 4 filmes , já pensou.

  • Kal-El de Krypton

    Venha para o lado DC da força. Temos biscoitos.

  • kamalla

    hmm o da Marvel tem bolacha não resisto hehehe

  • kamalla

    Verdade daria muito certo, Pedro não sabe o que fala. HAUHAUHAUHAU

  • Kal-El de Krypton

    Tenho medo que daqui algum tempo anunciem até filme solo do Coringa do Jared Leto…

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Imagine isso pra um hater do Batman? Que tortura…kkkkkkkkkk

  • kamalla

    HAUHAUHAUHAUHAUHAU Morri HAUHAUHAUHAU Deve ser mesmo viu.

  • Kal-El de Krypton

    Imagina pra mim que costumava ser o maior nome da editora…

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Acabei de assistir Liga da Justiça Sombria. Cara, aquilo deveria se chamar “Os amiguinhos mágicos do Batman”.

  • kamalla

    Acho que não , é mais provável um filme dele com a Arlequina como ”Bonnie e Clyde”. Já que o Coringa da DC Films é gangster.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Isso foi em uma galáxia muito distante…kkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Kkkkkkkkkkkkk
    Marveca:-)

  • Kal-El de Krypton

    Há muito, muito tempo…

  • kamalla

    Pior que sim, pelo que eu li da resenha do Angel, é bem diferente da HQ. Eles meteram Batman na animação.

  • Kal-El de Krypton

    O Coringa da DC films é o cara…que eu não quero que apareça mais.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A morcegona participa do começo até o fim. E eu (que nem um otário) ficava me perguntando quando ele iria sumir e deixar os outros personagens assumirem a animação, mas isso não aconteceu.

  • kamalla

    kkkkkkkkkkkkkkk

  • kamalla

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    MARVECAAAAAAAAA…KKKKKKKKKK

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    🙂

  • Kal-El de Krypton

    Pense no meu caso, qual a ultima vez que tivemos uma animação solo do Superman, desde que começaram com as animações “new 52” nada, mas eu ainda tenho esperança

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    O Pinguim foi a melhor coisa dos episódios que eu assisti… e o menino Batman, a pior.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Foi mesmo. A última que eu me lembro foi Grandes Astros.

  • Kal-El de Krypton

    Se não me engano Superman: Brainiac saiu um pouco depois.

  • The Flash ( Angel )

    Sim foi o que eu comentei sobre a primeira, as historias da primeira para Bruce não foram legais. O Pinguim é a melhor coisa da primeira. A segunda quem ganha é o Coringa jovem.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Em séries e filmes, a Marvel ganha; em hqs, elas empatam; nas animações, a DC humilha a Marvel.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Coringa jovem… realmente, para mim, não dá:-(

  • Kal-El de Krypton

    Em animações a DC ainda ta na frente mas a qualidade caiu consideravelmente desde que entramos na era Damian Wayne.

  • Kal-El de Krypton

    Voce não gosta do coringa ?

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Muito legal a animação. Eu já conhecia a história, pois já tinha lido a hq do Geoff Johns há alguns anos.
    (Não tão marveco….kkkkkkkkkk)

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Acho apenas um bom vilão, e nada mais. A DC e a Marvel estão cheia de vilões melhores. E o melhor vilão do Batman é o Ra’s Al Ghul.

  • The Flash ( Angel )

    Pois o ator é genial. A atuação dele está sendo comparada com ao do falecido Ledger, e com razão ele da um show , deixa o Jared Leto no chinelo. O visual dele está ficando parecido com o da HQ também.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Ainda assim, a DC continua infinitamente melhor. E o Damien é uma bosta…kkkkkkk

  • Kal-El de Krypton

    Finalmente alguém que concorda comigo, nada contra o Coringa, mas ta tão chato, a DC e o próprio Batman tem tantos vilões bons que muitas vezes são jogados pra escanteio só pra colocar o palhaço na historia ( apesar de que ultimamente a Arlequina ta ficando ainda pior).

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Fico imaginando o Dr Destino, o Magneto, o Darkseid sendo retratados como adolescentes. Não, não desperta meu interesse. Malhação já é mais que suficiente…kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Arlequina, como a Gwenpool, é o que tem de pior nas hqs. Personagens caricatas.

  • Kal-El de Krypton

    Mas a molecada gosta e por isso rende dinheiro, vide a bilheteria de Esquadrão e um bando de menina de 12 a 16 anos defendo isso…

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Geração perdida. Era muito melhor quando era a Geração Coca Cola.

  • The Flash ( Angel )

    LUL kkkkkkkkkkkk também não exagera né Pedro. Agora o passado do Magneto eu queria sim, gosto bastante da HQ especial dele. E Dr. Destino tem uma historia incrível também, agora Darkseid acho que não.

  • Kal-El de Krypton

    Pessoal que viveu anos 90 e até o inicio dos anos 2000 viveu o bom da vida. No meu tempo passava Robocop, de tarde e sem censura, hoje os franguinhos não aguentam tanto.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Aguentam, sim. Eles aguentam Crepúsculo. Duvido que você aguente aquilo…kkkkkk

  • The Flash ( Angel )

    Esta semana irei postar uma resenha de Desafio Infinito, acho que você vai gostar.

  • Kal-El de Krypton

    Pior que quando tava a febre eu fui ver do que se tratava… e até hoje não terminei o primeiro filme…

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu já li a infância dos dois. Magneto – Testamento e Dr Destino – Os Livros do Destino. São duas histórias fantásticas, mas que poderiam ser resumidas em um episódio, sem se arrastar durante temporadas.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Claro que irei gostar. Não estou conseguido postar resenhas ultimamente, pois estou com pouquíssimo tempo disponível. Mas assim que eu puder, eu irei postar alguma.

  • Kal-El de Krypton

    Essa é a hora pra postar tudo sobre jóias do infinito, o hype vai a mil, ontem mesmo assisti Avengers 2 principalmente pela cena no meio dos créditos, aquele vídeo de bastidores me empolgou pra caramba.

    “Certo. Eu mesmo faço isso”

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Kkkkkkkkkk… Aquilo é uma ofensa à inteligência das pessoas.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    “Desafiá-los é cortejar a morte.”

  • Kal-El de Krypton

    E o sorrisinho pra câmera. Meu Deus esse filme vai ser tipo assistir Avengers 1 pela primeira vez de novo

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Que assim seja!

  • Kal-El de Krypton

    Vai se, caramba, ver o Thanos desde a primeira cena pós-créditos de Avengers 1 e agora finalmente ta chegando a hora, não tem como explicar. E o melhor de tudo é que quando acabar, não vai acabar pois ainda vai ter Avengers 4.

  • The Flash ( Angel )

    Estou” suprindo” sua ausência’nas resenhas da Marvel kkkkkkkk

  • The Flash ( Angel )

    Acho que da uma série de 8 episódios de boa viu . Assim como Legion que não tem lá muitas historias, mas a série promete.

  • The Flash ( Angel )

    Hmm obg pela ideia vou se faço esta semana então.

  • Faço de suas palavras as minhas.

    O ponto alto da série deveria ser o Gordon (um puta personagem foda – que, não sei se os produtores da série sabem, mas, ELE TEM BIGODE), mas já vi muita gente falando que esse atorzinho que escolheram para interpretá-lo não tem carisma, e muito menos talento. Dizem que o Bullock (sabe quem é?) é mais interessante que o próprio Gordon. Bem… aí já percebemos o quão errada a porra está! Kkkkkkkk

    Poderia assistir e tirar minhas próprias conclusões, mas prefiro ficar de boa, e ser polpado de muita raiva… kkkkkkkk

  • Dra. Caitlin Summer

    O público parece que curte bastante. 10 anos de Smallville…

  • Dra. Caitlin Summer

    Hahahaha

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Pois é, Dra. Mas esse não é o meu caso, infelizmente. Malhação já é mais que suficiente.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Claro que sei quem é o Bullock. Não sou um leigo do universo DC, camarada. E este plot não me desperta o interesse. Não gosto de spin offs.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Batman não é um homem comum. Ele tem o poder da onipresença. Esta em todas…kkkkkkkkkkkk

  • Dra. Caitlin Summer

    Depois de 10 anos de Smallville (e ainda sim sinto saudades), eu sou meio resistente à séries de origem. Ainda mais porque Gotham se coloca num tempo muito anterior ao surgimento do Batman, o que provoca uma boa bagunça na cronologia e a partir de um certo ponto, vai acabar deixando os roteiristas sem muitas opções. As melhores coisas da série pra mim são o Pinguim (Devito que me desculpe, mas essa é facilmente a melhor versão), a Selina e o Nygma, ah, claro, tem o Jerome também. Se a série se passasse pouco antes dos eventos de Ano Um, me atrairia mais, porque acho que faz mais sentido preparar o terreno pra aparição do Batman ali do que durante a infância do Bruce, com o Coringa aparecendo antes mesmo do morcego.

    A segunda temporada é boa, principalmente a primeira metade. Da primeira temporada eu tive um pouco a mesma impressão que tive de Supergirl e Legends of Tomorrow: alguns episódios eram bons, outros me davam sono. E a terceira sinto que está forçando legal a barra. Tem seus altos e baixos. Ainda não acho que seja melhor que os dois primeiros anos de Arrow.

    Algo que me agradou bastante foi a ambientação de Gotham City. A cidade consegue ser ao mesmo tempo realista e cartunesca, atual e nostálgica (com os carros antigos, as roupas que… bem, não são bem o que as pessoas usariam em uma grande cidade hoje em dia). É a segunda melhor versão de Gotham, perdendo apenas pra versão do Tim Burton. Gostaria muito que a cidade tivesse a mesma pegada no filme do Ben Affleck.

    Outra coisa: Bullock >>>>>>>>> Gordon.

  • Dra. Caitlin Summer

    A DC ama demais esse cara. Eu entendo o foco nele, não só por ser o personagem mais rentável da casa atualmente, mas porque é um herói “fácil” de adaptar, tanto que já teve umas quatro ou cinco séries animadas. Ele tem uma boa galeria de vilões e personagens coadjuvantes. Mas acho que todo mundo gostaria de ver outros heróis ganhando destaque e não só como coadjuvantes dele e do Super.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A DC ama (exageradamente) esse cara em detrimento dos outros heróis, que ficam sempre em segundo plano. Por mais fácil que seja adaptar o personagem, ele não tinha muito que fazer contra demônios e magos na animação. Acho muito forçado colocar ele em todas situações possíveis… e impossíveis.

  • The Flash ( Angel )

    Verdade Dr. Cait Bullock é melhor, mas o ator que interpreta o Gordon foi vitima do roteiro apenas. O Coringa da série mesmo sendo jovem é excelente. Não acho que bagunça tanto a cronologia, porque o Pinguim nas historias do Batman é bem mais velho que ele, e o Coringa não é tão mais velho na série, está quase equivalente, o ator que interpreta o Bruce que parece que não envelhece kkkkkkkk..

  • Agora com a série fantastica do Legion, espero que um dia aconteça uma série da Jean Grey dai meu sonho vai se tornar completo kkkkkkkk Ela vai ganhar revista solo e pode ser que seja bem adaptada em X-Men supernova
    https://uploads.disquscdn.com/images/78d444f7f5492081b6e6b071d553b1abf2064aa0938214a043b14a03e358f477.gif

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu desisti da Fox, Stella. Dos X-Men, eu só acompanho as hqs mesmo. Por falar nisso, o título Fabulosos X-Men está demais. Magneto e Psylocke estão sensacionais. E eu estou bastante interessado nesse título da Jean. Espero que saía coisa boa daí:-)

  • Eu não desisti porque Legion foi um presente, baum dilmais. Logan será incrível tenho certeza, e estou ansiosa para o filme da X-Force. Ainda não li Fabulosos X-Men vou conferir pra ver se é tudo isto que você falou kkkk

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    MEU DEUS! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • “Teria um minuto de sua atenção para ouvir a palavra do deus Batman?”

  • kkkkkkkkkkkkk

  • O maior problema da série é inserir algumas sub-tramas que simplesmente não vão a lugar algum, melhor exemplo foi o da mão da Selina, completamente desnecessário. Outra coisa que eu achei chata prakct, e por isso parei de acompanhar ela regularmente, é o lance meio “malhação” do Pinguim e Charada. POHA coisa bem chata cheia de ladainha.
    Mas confesso que ver o jovem Bruce criando a sua personalidade motherfucker é foda demais.
    E o Alfred dá série é o mais legal já feito.

  • Dave Mustaine

    Ótimo post Angel.

    Pra mim,Gotham é a única série atual da DC que presta.
    A primeira temporada foi ótima,mas meio enrolada por causa do maldito modelo de vilão da semana,mas na segunda temporada melhorou muito,abandonando esse modelo e adotando o modelo de arcos,criando tramas contínuas que prendem a atenção do começo ao fim.
    Os roteiros são muito bem escritos,as tramas são interessantes e prendem a atenção,os personagens são muito bem desenvolvidos e as atuações são ótimas,os vilões da série são incríveis,o Pinguim roubou a cena na primeira temporada,posteriormente quem passou a roubar a cena foi o Charada,o ator soube passar pra tela com maestria todas as nuances do personagem,o quase-Coringa Jerome Valeska é um excelente personagem,deixa o Coringa forçado do Leto comendo poeira,a atuação do Cameron Monaghan é bem mais natural e fluida,o Chapeleiro Maluco foi um dos pontos altíssimos dessa atual temporada,o ator mandou bem demais também,e até mesmo vilões secundários como Victor Zsaaz ficaram ótimos.
    Já a fotografia da série dispensa comentários,aquilo é um espetáculo visual!

  • Dave Mustaine

    Mas que viadinho,única série da DC que presta e o cara cospe nela desse jeito.

  • Dave Mustaine

    Mas a série é FODA,o foco não é no jovem Bruce Wayne,e sim no James Gordon,que é bem fodão nessa série.
    É tipo uma série policial,mas ambientada em Gotham,tem ótimos roteiros e ótimas atuações.

  • O meu mais sincero FODA-SE!

  • Dave Mustaine

    Go fuck yourself,asshole

  • The Flash ( Angel )

    Muito obrigado Dave. Concordo em partes, a segunda temporada não é nota 10 como a terceira temporada de Agents of SHIELD foi, que abandonaram também os modelos de casos da semana também em sua segunda temporada. Mas com certeza é a melhor série de ”herois” da DC do universo regular, ja da Vertigo temos Preacher.

  • The Flash ( Angel )

    Sim o Alfred é muito bom, gostei mais deste que a versão do filme apresentado em BvS.

  • Dave Mustaine

    Eu não curti muito Preacher,pelo que eu vi,foge demais dos quadrinhos,ae não me animou.

  • ♛ Hades
  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Não estou dizendo que é a melhor coisa do mundo, apenas estou dizendo que é um bom título.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Faz parte do meu show…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu assisti alguns episódios, e confesso que até gostei um pouco. O problema é o formato de caso da semana. Sem falar nos atores mirins. O que é aquela menina gato? Ridículo.

  • Dave Mustaine

    O modelo de caso da semana é abandonado na segunda temporada,que passa a usar o modelo de arcos,semelhante ao de AoS,a partir dae a série melhorou muito.
    E a “Menina Gato” fica um pouco mais legal mais pra frente.

  • The Flash ( Angel )

    Hmm na verdade não, a proposta da primeira temporada é ser um preludio. A segunda temporada será a adaptação do volume 1 e 2. Eles modificaram apenas algumas coisas, mas nada radical.

  • Dave Mustaine

    Hmm,bem,talvez algum dia eu dê uma chance.

  • hmm

  • CICLOPE O COADJUVANTE/Krusty

    Ótima recomendação, essa sim honra o selo DC Comics! Concordo com vc, as modinhas ganham os holofotes e Gotham é até meio preterida!

  • The Flash ( Angel )

    Muito obrigado amigo. Lançarei um não recomendo em breve também, vou me” apropriar ”um pouco deste quadro também blz?kkkk não vai ser sempre é que tem uma série que tenho que falar para o pessoal passar longe.

  • Afirmo sem medo: essa é uma das poucas séries da DC que valem à pena acompanhar … boa parte dos motivos para que eu diga essas palavras já foram apontados no post, acrescento que os roteiristas são muito competentes para conseguirem conduzir uma série com mais de 15 episódios por temporada sem perder a qualidade (coisa que a CW não consegue/quer fazer em suas séries).

    Comecei vendo a série ainda em sua primeira temporada e gostei da proposta, lembro de ter sentido meio que um sono durante a primeira metade da temporada inicial, com certeza os roteiristas e o showrunner estavam amadurecendo suas ideias. Felizmente, ainda na primeira temporada, as coisas melhoram de forma sensacional à ponto de até os episódios considerados como “fillers” conseguem ser interessantes (vide o epsiódio “The Blind Fortune Teller” onde tivemos a introdução de Jerome e até mesmo vimos os pais do Dick Grayson junto com a trupe do Circo Haley).

    Conseguiram transformar o Pinguim, um dos vilões do Batman que considerava muito desinteressante e chato, num vilão e tanto (boa parte disso graças à atuação magnífica de Robin Taylor Lord) … acompanhar sua jornada desde que ele era apenas “o garoto do guarda-chuva” até um gangster mafioso está sendo muito bacana e dá gosto de ver. Nem preciso falar do Charada que, desde sua introdução, cresce mais e mais.

    Fico espantado com o tanto de gente que fala mal dessa série mas coloca Arrow, Flash e derivados num pedestal e ai de quem falar mal delas, lembro de um amigo meu acabar me rotulando de “metido” só porque apontei umas boas verdades sobre o que não tem de certo nas séries da CW … mas paciência né?

  • E pensar que Arrow e derivados poderiam estar no mesmo nível, mas quando a equipe por trás da produção não está nem aí para fazer um trabalho minimamente decente aí fica complicado esperar algo de bom.

  • A segunda temporada representa uma grande evolução para o patamar da série e tenho certeza que Theo Galavan vai ser um dos vilões que você vai odiar com força xD

  • Ainda vou insistir que tente assistir despretensiosamente a primeira temporada para você ir criando gosto (se for o caso você pode ver só os episódios bons e ver spolier do resto – tem análise de cada um no ‘Plano Crítico’).

    Como já falaram, Bruce Wayne não é o foco (apesar dele ser um personagem recorrente), então não há muito com o que se preocupar. Já na segunda temporada é possível perceber que ele melhora com o tempo e vai aos pouquinhos se tornando o homem que será um dia. Paralelamente vemos as mudanças que Gotham provoca em Gordon à ponto de ficar evidente que, mesmo com o esforço em conjunto de policiais honestos, a cidade nunca estará segura das loucuras de alguns habitantes.

    Vejo essa série mais como um else-world e creio que deve ser considerada como tal pelos que a acompanham, afinal, algumas liberdades foram tomadas aqui e ali (mas nada que vá estragar o que as HQs tem de bom).

  • Vai no Plano Crítico e vê as análises da primeira temporada, assim você não gasta 1/3 do tempo que levaria para assistir a temporada inicial e já pula pra segunda temporada e pega ela do começo ao fim.

  • Mas o Bruce é um personagem bem coadjuvante no andar da trama e não participa tanto assim das narrativas. Se você der uma chance de verdade então vai começar a gostar do Gordon que começa como o típico policial bom-moço que acha que pode fazer as leis valerem numa cidade suja como Gotham.

    A curva de evolução e aprendizado que James demonstra ao longo das temporada foi muito bem bolada pelos roteiristas, tudo isso culmina ao ponto levantado na 1ª temporada onde Gordon teria vergonha de si mesmo ao ver o tanto de coisa que teve de fazer para que a “justiça” fosse feita (e também cai a ficha de que não é possível proteger a cidade pelos meios legais e que somente uma pessoa qualificada* poderia fazer)

  • Tenho que admitir que Ben Mackenzie não é lá muito carismático mas até onde vi ele passa muito a imagem de uma pessoa que deseja resolver as coisas do melhor jeito que for possível, mas sei lá … eu gosto e ao mesmo tempo não gosto dele xD

    Bullock teve seu brilho na primeira temporada, mas depois que Gordon passou a agir de forma similar ao seu colega, em certos momentos, minha preferência pelo Harvey diminuiu.

    Tá meio cedo para ele ter o bigode ainda, mas o showrunner já mencionou que veremos o bigode em breve, então não creio que vá demorar.

  • Deve mesmo moça, apesar de ser uma série um tanto atípica dentro do que é comum, tenho certeza que você vai curtir (especialmente da metade da primeira temporada para o final da mesma onde uma série de eventos interessantes ocorrem). Recomendo ver de forma despretensiosa, se quiser pode até pular alguns episódios e ler a crítica de cada um deles no Plano Crítico.

    Da segunda temporada em diante a coisa engrena de verdade, com alguns episódios medianos aqui ou ali, mas nada que comprometa a experiência ou que te faça lamentar ter começado a assistir, então meu conselho é: leva na boa … imagine que é um else-world e fica tudo de boas.

  • Já eu coloco os dois primeiros anos da série acima do que foi apresentado em Arrow e Flash, a razão é bem simples: qualidade dos roteiros. No começo, da DC a gente só tinha Arrow e até então a série ia bem em sua primeira temporada e melhorou com a segunda, mas, da terceira em diante já ficava evidente a falta de afinco com os roteiros de cada episódio e o número de capítulos que de fato empolgavam começou a diminuir (Flash foi pelo mesmo caminho e a prova da decadência foi a segunda temporada). Tudo nessas duas séries ficou repetitivo e sem graça ao ponto de fazer com que eu (um fã roxo da DC que curtia demais essas séries) e mais um monte de gente largasse mão do que a CW oferece.

    Enquanto isso, Gotham começou com certas similaridades ao que vimos nas séries da CW (caso da semana por ex.) … bastou a fanbase reclamar para que o pessoal responsável por produzir o show tomasse as medidas necessárias para fazer com que a história fosse mais envolvente e prontamente mudaram a abordagem. Isso tudo mantendo os 22 episódios por temporada, que são melhor aproveitados do que em Arrow/Flash.

  • Tenho que concordar também, pra mim a cota do Coringa já deu … droga, promovam o Charada e o Pinguim (como fizeram muito bem em Gotham), Hera, Mr. Freeze (esse tem um background muito bom.

  • Esse arco com a mãe da Selina foi bem filler mesmo, ainda assim serviu para amadurecer os personagens envolvidos (o mesmo vale para esse lance do Pinguim com o Charada … o Oswald que conhecemos é frio e só pensa em dinheiro e poder, pensamento este que inexistiu com a mesma força desde que o personagem foi introduzido. Dessa forma ele ainda tem que mudar para chegar ao patamar das HQs)

  • Eles devem colocar o bigode no último episódio, igual fizeram com o uniforme do Superman em Smallville.

  • kkkkkkkkkkkkkkkk
    Mano, acho que nem precisa insistir. Eu ainda darei uma nova chance para Gotham. Assisti a primeira temporada de Flash, com um episódio por dia, durante a janta. Posso fazer o mesmo com essa série, só me falta ânimo… kkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Beleza, Ítalo. Vou conferir:-)