Crítica | Guardiões da Galáxia Vol.1 (2014)

Em 2014, a Marvel faria sua aposta mais arriscada que abriria as portas para um dos títulos mais desconhecidos e impopular a  ganhar  suas própria adaptação cinematográfica. O resultado foi melhor do que nós esperávamos, o filme arrecadou mais de 750 milhões dólares mundialmente e fez de James Gunn e seus Guardiões da Galáxia , os queridinhos de 2014, e com mérito.

A  trama do filme conta a historia de Peter Quill (Chris Patt), um fora da lei que foi abduzido quando criança. Vivendo entre os piores, Quill vira um saqueador’’ tapado’’ com charme de Indiana Jones. Um dos artefatos que está em sua mira é um orbe misterioso. Já recuperando o item, torna-se alvo de diversos mercenários e alienígenas poderosos que também estão à procura do orbe, objeto misterioso de valor inestimável.

O maior mérito para Guardiões da Galáxia foi resgatar a qualidade narrativa que havíamos visto em Homem de Ferro, enquanto consegue se tratar de uma história que parece descolada de todos os outros filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. E ao mesmo tempo nos apresenta pela primeira vez o universo cósmico da editora. Nos apresentando parcialmente os seres cósmicos gigantescos mesmo que brevemente os Celestiais, a aparição rápida e mais imponente de Thanos, os Krees, O Colecionador interpretado pelo ator Benicio del Toro, brilhantemente cheio de características excêntricas.

As paleta de cores usada na fotografia do filme, faz toda a diferença  aqui, transformando o longa como um verdadeiro filme de quadrinhos, cores mais quentes em contraste com cores sóbrias são notados desde o marketing do filme!

Algo notável da estrutura do roteiro de James Gunn e Nicole Pearlman , foi o cuidado com os personagens, conseguindo equilibrar a presença de seus personagens em tela, sem pecar no foco excessivo em Peter Quill, o Senhor das Estrelas. Rocket  (Bradley Cooper) é o personagem que carrega a maior carga dramática do longa, mesmo sendo o mais utilizado para fazer piadas e soltar frases de efeito em algumas ocasiões, sua interação com Groot faz toda a diferença. Drax, o Destruidor (Dave Bautista), um brutamontes que jurou vingança contra Ronan após este matar sua família, não brilhou tanto nesse filme, mas tem seus momentos cômicos que variam de algo canastrão sem muita graça para algo realmente com graça. Gamora (Zoe Saldana), mesmo que não faça plenamente justiça à fama de ”mulher mais perigosa do universo’’ que sua contraparte nas HQs possui, a atriz  mostra todo o seu potencial em cenas de ação, mas esperamos que no segundo longa a personagem seja melhor desenvolvida.

A trilha sonora, com músicas escolhidas a dedo pelo diretor James Gunn para os momentos certos do longa, demonstra um cuidado por parte de Gunn que logo nos conecta imediatamente ao filme, ao mesmo tempo que tenta trazer uma certa nostalgia de filmes de aventura dos anos 80.

Algo um pouco cansativo que o filme não deveria ter utilizado novamente no clímax do terceiro ato. São as ameaças que caem do céu, em rota de colisão com a superfície. Isso já era visto em Thor: O Mundo Sombrio, Capitão América : Soldado Invernal, Os Vingadores e ainda volta a ser repetido em Vingadores: Era de Ultron, algo que poderia ter sido evitado aqui já que o longa se mostrou bastante criativo e inventivo. James Gunn pelo menos conduziu magistralmente uma sequência criativa de luta aérea que logo associamos a Star Wars.  Algo que pecou no filme, foi o desenvolvimento de Ronan(Lee Pace), no qual foi muito bem interpretado pelo ator e teve um  desfecho do seu arco de forma medíocre, um desperdício de um personagem que poderia dar trabalho futuramente se fosse bem trabalhado dentro do Universo Cinematográfico Marvel.

Falando nisso, a direção de James Gunn certamente é o grande diferencial no longa. Sendo a mais criativa dos filmes Marvel Studios , com toda a certeza. A variedade de planos, de sacadas inteligentes de encenação, do  aproveitamento da fotografia , o uso de cores vibrantes e esquemas de iluminação mais elaborados por Ben Davis que finalmente eleva a qualidade  cinematográfica.

Conclusão:

Guardiões da Galáxia Vol. 1 é insanamente divertido e irreverente, que soube flertar com ficção cientifica ( space opera), mesclando com aventura com maestria. O mais alto risco da Marvel Studios que nos surpreendeu e trouxe um frescor ao gênero de heróis em 2014, costurando humor, nostalgia e drama de maneira orgânica, ao mesmo tempo que não esquece que faz parte de um todo, um universo maior do que eles.

Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy – EUA, 2014) Duração: 121 min.

Direção: James Gunn

Roteiro: James Gunn, Nicole Perlman (baseado nos quadrinhos escritos por Dan Abnett e Andy Lanning)

Elenco: Chris Pratt, Vin Diesel, Bradley Cooper, Zoe Saldana, Dave Bautista, Lee Pace, Michael Rooker, Karen Gillan, Djimon Hounsou, John C. Reilly, Glenn Close, Benicio Del Toro, Laura Haddock.

  • Kaecilius, O Fanático

    Excelente crítica Angel. Infelizmente não pude ver Guardiões no cinema, mas quando eu pude ver em casa bateu um arrependimento de proporções bíblicas. Agora o 2 não perco por nada!

  • Angel

    Obrigado amigão. Eu também não assisti no cinema, o segundo devo assistir com certeza.

  • Excelente crítica, Angel!
    Cara, como eu amo esse filme! Se não fosse por causa de Homem de Ferro 1, ele seria o meu predileto da Marvel. Concordo com tudo que citou, até mesmo com o terceiro ato “clichê”; porém, como você mesmo destacou, Gunn transformou tudo aquilo em algo especial, e conseguiu sair da “mesmisse”. Olha, a única coisa que me deixa ainda um pouco incomodado é a dancinha do Quill, mas é uma cena engraçada, isso não podemos negar.

    Impossível não sair do filme apaixonado por TODOS os personagens. TODOS MESMO!

    Se o segundo filme for do nível desse primeiro, será excelente. Se for melhor, estará entre as obras primas desse gênero. Ansiedade a mil para conferir o Vol.2!

  • Eu também não assisti no cinema :/
    Fui ver em uma maratona pra conferir Era de Ultron, e acabei me apaixonando por essa merda!

  • Me responde uma pergunta… Escreveu essa crítica ao som da trilha do filme, não é? Eu teria feito isso! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • kamalla

    Não consegui ser first o povo ta foda hauhauhauhau. Excelente crítica Angel amei, como sempre mandando bem. Guardiões da Galáxia Vol. 1 cumpriram o papel de mostrarem o lado cósmico da Marvel ja que eles não tinha o Quarteto Fantástico, não consigo imaginar o Quarteto encaixados agora, eles seriam rivais dos Guardiões se estiverem na fase 4?

  • Kaecilius, O Fanático

    A pergunta seria: É possível fazer uma crítica desse filme sem ouvir a música?

  • Angel

    acertou mizeravi kkkk. Não a trilha toda, mas essa musica aqui
    https://www.youtube.com/watch?v=bR35iBHWAP8

  • Você precisa ser mais rápida, sua sapeca!

    Run, Kamalla, run!

  • Angel

    Obrigado amigão. Eu amo Homem de Ferro mais, mas este está em segundo lugar, gosto mais deste filme que Vingadores 1, eu acho Vingadores: Era de Ultron melhor que o primeiro filme pra causar um pouco de polemica rsrs
    Gunn com certeza é um diretor diferenciado, e muito promissor dificilmente , Kevin Feige vai deixar ele” escapar.”

  • Eu iria fizer “essa é a melhor de todas”, mas é impossível escolher uma única música dessa trilha linda <3

  • Angel

    Eu amo demais, será que a trilha só segundo vai superar? É algo bastante difícil.

  • Era de Ultron melhor que Vingadores 1??????????
    THE NÚNCIA!!!!

    Kevin não vai deixar ele escapar NUNCA!!! kkkkkkkkkk

  • Angel

    tadinha kkkkk

  • Kaecilius, O Fanático

    Em relação a gostar mais do segundo Vingadores: Tamo junto.

  • Eu não sei, mas vindo do James Gunn, eu não duvido nada.
    Eu já perdi as contas de quantas vezes escutei a música do trailer de Guardiões 2… Imagina quando for disponibilizado a trilha completa??? kkkkkkkkkk

  • HEREGES!

  • Kaecilius, O Fanático
  • Angel

    Você consegue na próxima Ms. Marvel. Muito obrigado mesmo assim, sua presença é essencial.
    Eles cumpriram mesmo, vibrei muito com a cabeça de um Celestial no primeiro trailer, e mais ainda quando apareceu um rapidamente no filme.
    Sobre o Quarteto Fantástico, não faço ideia, rivais acho que não, a galaxia é grande demais mais um grupo de heróis cósmicos não seria problema, seriam mais que bem vindos. Iriam trazer Galactus e o Surfista Prateado. Na verdade seria magnifico um crossover com esses Guardiões e o Quarteto Fantástico!

  • Angel

    Eu to é viciado é no teaser de Thor: Ragnarok assisti mais de 10 vezes hahahaha

  • Angel

    S2 uhull hehehe

  • Angel

    kkkkkkkkkkkkkkk

  • Angel

    Referencia rapida kkkkkkkkk

  • Angel

    Eu acho melhor hahahaha, pela magnitude da trama a grandiosidade e a dinâmica do grupo, e pela introdução da Feiticeira Escarlate. Vingadores 1 é importante como um todo é claro, sem eles não teríamos nem a Liga da Justiça.

  • kamalla

    Não tenho poderes provenientes da força da aceleração : (
    Sou Inumana poxa hauhauhau

  • kamalla

    Hm pode ser interessante mesmo um team up das duas equipes.

  • kamalla

    HAUHAUHAUHAUHAU

  • Kleber Oliveira

    Você se surpreenderia com a quantidade de pessoas que compartilham dessa opinião.

  • Mr.Doom

    Excelente crítica.
    O que me chama atenção em Guardiões da Galáxia não é nem a história em si, mas o visual. Desde a aparência das personagens até a ambientação de alguns locais que possui um toque de Jack Kirby (que terá mais peso ainda em Thor: Ragnarok). A química da equipe também é muito boa. É bom ver diretores que saibam desenvolver todos os personagens de uma equipe, vide Joss Whedon e o próprio James Gunn (Quem dera o Bryan Singer soubesse fazer o mesmo, rs).
    Ao meu ver, o maior pecado no filme é de fato o Ronan. Como dito na matéria, é um vilão interpretado por um ótimo ator e que poderia muito bem ter sido aproveitado no futuro do MCU.

  • Rodrigo

    Era de Ultron é idêntico a Vingadores 1, com a diferença de ter mais personagens e uma edição um pouco pior. Se os filmes tivessem sido lançados invertidos, a maioria iria gostar mais de Era de Ultron e dizer que Vingadores 1 é mais fraco…rs

  • Rodrigo

    Ótima crítica, Angel. Guardiões da Galáxia é excelente e um dos poucos filmes de super-heróis que se sustenta fora do gênero. Ele na verdade, por mais que beba muito do estilo das HQs, nem parece um filme de super-herói. Tem uma identidade muito própria, característica, e depois do Vol 2 acredito que poderemos ver com mais clareza ainda o quanto essa franquia se sustenta por sua própria conta, como uma história de aventura espacial fechada e redonda.

  • Felipe Pinheiro

    Gosto de Era de Ultron mas, realmente, ele não é melhor do que o primeiro Vingadores

  • Angel

    Obrigado amigo. Guardiões da Galáxia Vol.1 é uma especie de ”HQ cinematográfica”, hahaha difícil explicar. Mas as cores os enquadramentos remetem a quadrinhos. Ao mesmo tempo que tem identidade própria e diverge de outros filmes de heróis.

    Altas expectativas para o Vol.2, é nós dois hein critica com spoilers e sem spoilers rsrs

  • Angel

    Eu não acho mais fraco que Vingadores 1, mas também não acho superior. Apenas me simpatizei mais, talvez pelas cenas de ação mesmo, que achei melhores que a do primeiro filme, que se sobressai mais no terceiro ato.

  • Eu acho a história bem mais fraca, e o vilão completamente decepcionante. Eu criei hype gigantesco na época, imaginando que o Ultron seria fodão, mas quebrei a cara.
    Eu gosto de várias cenas do filme, em especial as iniciais, mas o balanço dele é mais negativo do que positivo, pelo menos pra mim.

  • Angel

    Obrigado amigo. Ronan assim como você concordou comigo, foi um desperdício, por mais que o personagem seja um vilão ele nem teve a chance de ser desenvolvido para ser um herói também futuramente.

  • Angel

    Olha apesar de Ultron não ter sido tão bem desenvolvido ainda acho que ele cumpriu bem o papel na trama. E nem acredito que ele foi destruído de vez, o final deixa claro que ele pode voltar. Visão deve ter levado ele para outra dimensão.

  • Rodrigo

    Sim, gostar mais de um que de outro vai de cada um, mas eu falo da estrutura dos filmes. Eu assisti os dois pela segunda vez quando vi os filmes do UCM antes de Guerra Civil. Vi com um intervalo de quatro dias entre um e outro. São muito iguais. A divisão dos atos, a linha narrativa, a conclusão. Whedon fez o mesmo filme só que com mais personagens e uma história mais inchada, que sofreu na edição.

    O que eu não vejo sentido algum é considerar o primeiro um filme espetacular e o segundo uma porcaria, porque analisando enquanto filme, são parecidíssimos…rs

  • Rodrigo

    Eu acho melhor. Tem mais ação, mais personagens, mesmo sofrendo mais na edição. Mas no meu ranking do UCM não estão entre os primeiros, outros filmes são melhores.

  • Kleber Oliveira

    Me amarro no Ultron. Mas não conta pra ninguém, isso causa linchamentos nas ‘internets’.

  • Angel

    Isso é são muito parecidos, talvez seja por isso que o hype sobre decepcionou muita gente. A diferença em Era de ultron está nas cenas grandiosas de ação, são cenas com melhores montagens, plano de sequencias melhores. Mas é claro o orçamento inchado permitiu isso, coisa que o primeiro ainda não tinha. Guerra Civil é um filme melhor dos Vingadores, talvez esse deveria ter sido a sequencia do primeiro filme, e ter colocado o Capitão América no seu terceiro filme como um fugitivo com o seu grupo de vingadores secretos.

  • Rodrigo

    Sim, você disse tudo. O tal do “hype”. Esperavam um segundo filme que superasse de longe o primeiro, e como não veio se decepcionaram e muitos passaram a dizer que o filme é um lixo.

  • Kleber Oliveira

    Pois é, apesar da clássica cena deles em círculo, Era de Ultron tem momentos bem marcantes e grandiosos. Eu gosto muito da sequência inicial, acho foda, mas diria até que todas as cenas de ação são bem executadas.

  • Angel

    Coitado do joss ele não merecia ter saído. Vingadores: Guerra Infinita seria dele, em termos de ação em equipe entre outras coisas prefiro ele do que os Irmãos Russo que gostam de uma ação cheia de cortes exagerados, voce nota a diferença gritante da luta da Natasha Romanoff nos dois primeiros Vingadores e em Guerra Civil, a luta dela contra os capangas do Ossos Cruzados, tem muitos erros mesmo, voce nota os cortes em excesso e ainda alguns capangas ‘esperando” serem nocauteados.

  • Angel

    O mesmo comigo, Homem de Ferro, Guardiões da Galáxia, Soldado Invernal tomam a frente deles.

  • Rodrigo

    Sim, o filme tem uma estética muito única. Ao que parece o Taika agora deve conseguir o mesmo em Thor.

    Devo comprar o ingresso pro Vol 2 amanhã, vou ver na pré-estreia.

  • Felipe Pinheiro

    Ei Jipeiro, tem post novo meu no site, quando puder dá uma conferida: http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/10/especial-genios-dos-quadrinhos-4-will-eisner/

  • Angel

    Wow boa, eu não verei na pré estreia. Mas no meu caso não terá problema, minha critica virá depois da sua ufa kkkkkk

    Taika me deixou muito hypado para Thor: Ragnarok, muitos estão comparando com um estilo Guardiões da Galáxia mas não notei nada de semelhante, Taiki se inspirou muito em Kirby e tem um estilo próprio também. E tem diferenças nas câmeras que filmaram, as do Thor são as Arri, que possuem algo que me incomoda fica com as imagens um pouco acinzentadas, mesmo com muitas cores. Já Guardiões vão iniciar uma nova fase da Marvel as câmeras inéditas da Red, que possui um sistema que você pode colorir do jeito que quiser depois as imagens. Por isso Guardiões da Galáxia vl.2 está tão vibrante e com cores muito mais vivas que o primeiro filme.

  • Eu vi, Felipe! Ainda vou passar lá. Comecei a ler ele hoje, já!

  • Rodrigo

    Foi um prêmio pros Russo. Fizeram dois filmes melhores que os Vingadores. E eles variam na ação. A cena do aeroporto e a luta final de Guerra Civil mostram que eles não filmam ação apenas no “estilo Bourne”. Em Guerra Infinita acho que vão se distanciar ainda mais disso.

  • Angel

    Sim a cena do aeroporto foi excelente. Mas ainda sim não se compara com a cena final de Vingadores 1 e 2. Espero que ele não abuse desse estilo Bourne em Guerra Infinita que precisa ser grandioso. Esse estilo cheio d cortes só funciona em filmes solos e com pegada de espionagem.

    Eu gosto de cenas mais orgânicas amigo, isso os Irmãos Russo não sabem ainda. O que Joss Whedon é mestre, o diretor de episódios da série Demolidor , Phil Abraham merece uma chance em filme do MCU. O cara simplesmente tem uma das melhores cenas solo de ação do universo marvel, a luta do Demolidor no corredor no qual foi inspiração para os Irmãos Russo na cena da escadaria em Guerra Civil.

  • Rodrigo

    Achei a cena do Aeroporto melhor que as cenas finais de Vingadores, que são excelentes. Eles elevaram o uso combinado de poderes entre os heróis a outro nível. E é questão de estilo, gosto da ação Bourne, mas meu estilo de ação predileto diretor nenhum desses filmes faz ou fez até hoje…rs

    Essa turma de Demolidor realmente merece uma chance em filmes. Quem sabe na fase 04.

  • Angel

    ” mas meu estilo de ação predileto diretor nenhum desses filmes faz ou fez até hoje” Como assim amigo? Você fala de filmes clássicos?

  • Rodrigo

    Falo dos orientais das décadas de 1960-1980, 1990…rs Filmes do Kenji Misumi, do Yuen Woo-ping, filmes com Bruce Lee, Jackie Chan. Cenas com cortes mínimos, muito plano-sequência, investindo nas coreografias extremamente realistas, a ponto de parecer que estão lutando de verdade – e reza a lenda que nos filmes de Bruce Lee muitas das lutas eram reais mesmo…rs É raríssimo de se ver nos cinemas/séries ocidentais. Por isso a sequência do corredor da primeira temporada de Demolidor é tão incrível e foi tão incensada, por ser um plano-sequência com uma coreografia extremamente realista e bem encenada.

  • Joseph

    Ótima critica, e ainda bem que foi feita aqui, senão haveria um exercito de haters bocós falando mal e que teve dança e num sei o que

  • Joseph

    Não assisti no cinema, e acabei me sentindo um lixo por isso, baixei e depois fiz questão de comprar o DVD

  • Morpheus

    Concordo.

    Outra diferença é que fica difícil competir com o Vingadores 1 no imaginário dos fãs, era um filme que estava sendo imaginado a várias décadas, foi um sonho realizado como provam os diversos documentários a respeito na mídia.

  • Joseph

    Pior é lembrar que assisti os dois do Thor, esquadrão Merdicida, Lanterna Verde, e não assisti Guardiões no cinema 🙁

  • Angel

    Obrigado amigo rsrd. Pior que é verdade tirando esse fato anticlimatico,o filme é bem maior que isso. Um dos melhores do genero.

  • Angel

    wowkkkkkkk

  • Joseph

    Gunn mostrou ser um cara apaixonado por cultura, por hqs e por cinema…. a abertura com o Quill dançando Come on get your love, me fez sentir quando assisti Ferris Bueller cantando Twist and Shout …. aquela nostalgia marota …

  • Morpheus

    Era de Ultron e Guardiões da Galáxia são HQ’s Cinematográficas!

    Assim como foi o Guerra Civil e como será o Thor Ragnarok.

    Essa é o diferencial do Marvel Studios sobre os outros estúdios de cinema.

  • Angel

    Ah sim. Assistia uma penca de filmes do Jackie Chan , quando ele era bem novinho rsrs Prefiro os dele do que os filmes do Bruce Lee aliás.

  • Morpheus

    Era o filme que eu tinha menos expectativas e o que mais me surpreendeu!

    É aquela sensação de sair mais leve da sala de cinema, muito semelhante aos bons filmes dos anos 80 como a trilogia “De Volta para o Futuro”, a pegada de nostalgia foi perfeita para Guardiões da Galáxia.

    Hoje em dia com tantas produções “sombrias” e com pegada pseudo-adulta é normal sair do cinema ou terminar de ver um filme e sentir aquele embrulho no estômago, semelhante quando vemos as denúncias sobre a operação Lava a Jato no JN.

    Só um tipo de diversão escapista, mas com um conteúdo moral positivo como Guardiões da Galáxia para divertir as pessoas e transmitir alguma coisa boa nesse caos que virou o mundo moderno com suas guerras e seu terrorismo e essa política brasileira mergulhada na corrupção.

  • Morpheus

    Penso dessa mesma forma. Quem é leitor de quadrinhos dos Vingadores e acompanhou as histórias pelos gibis se acostumando com a narrativa simples das primeiras histórias dos anos 60 não pode discordar do seu argumento.

    Quem geralmente discorda são as pessoas que não acompanharam as primeiras histórias e não sabem que desde os primórdios as histórias dos Vingadores eram “mais do mesmo”, porque naquela época nos anos 60 “o mesmo” era uma coisa inovadora e original que chamou bastante atenção.

  • Morpheus

    Essas “histórias fracas” eram comuns nos gibis dos Vingadores nos anos 60. Essa questão de densidade narrativa ou de mais conteúdo só surgiu nos anos 90, com histórias dos Vingadores que tentavam não se repetir, algo muito difícil depois de várias e várias décadas contando histórias parecidas.

    O fato é que os Vingadores foram melhor representados no Era de Ultron do que no primeiro filme, quem acompanhou as histórias dos anos 60 sabe disso.

  • Morpheus

    Depois do Vingadores 1 qualquer filme será “mais do mesmo”.

    Guerra Infinita será “mais do mesmo” num nível cósmico.

  • Acho que muito do meu sentimento a respeito do filme se dá pela decepção com o vilão mesmo.

  • Angel

    Isso é a mais pura verdade amigo.

  • Felipe Pinheiro

    Pra mim o fundamental não é ser “mais do mesmo” ou “fora da caixa”. Não faz diferença ser “mais do mesmo” se a histórias e os personagens são bem trabalhados. Era de Ultron é um filme muito bom mas pra mim não trabalha tão bem sua história e os todos os seus personagens comparado com o Vingadores 1, mesmo a equipe criativa de ambos ser a mesma. Por isso eu creio que Guerra Infinita (sendo “mais do mesmo” ou não) vai ser melhor que Vingadores 1 e 2 por toda a forma como o Thanos vem sendo construido e pelos Russos saberem muito bem criar e trabalhar arcos interessantes para todos os personagens.

  • N1N6U3M

    E Era de Ultron tem a cena clássica da união dos poderes e dos raios de energia, um clichê total utilizado nas primeiras historias dos Vingadores nos anos 60 e copiado em diversas animações e derivados subsequentes.

  • N1N6U3M

    Eu simpatizo mais com Era de Ultron tal como seria se tivesse lendo a um gibi com a mesma proposta de cada filme.

    No segundo filme dos Vingadores várias constantes narrativas já começaram a se impor, como a formação de certas panelinhas entre os integrantes dos Vingadores como Viúva Negra, Gavião Arqueiro e Capitão América de um lado e Iron Man e Thor de outro. Ainda tínhamos Visão e Feiticeira Escarlate para completar esse time clássico.

    Tudo que estava mais latente no primeiro filme dos Vingadores apareceu com força total no Era de Ultron. Inclusive o papel do Tony Stark como financiador e líder padrão do grupo de super heróis.

  • N1N6U3M

    Eu gostei do Era de Ultron justamente porque trouxe mais do mesmo, eu estranharia se todos os elementos que eu gostei do Avengers 1 não estivessem presentes no segundo filme. Seria algo decepcionante.

    No caso da origem dos Vingadores achei que a origem deles foi bem trabalhada, mas o plot principal da invasão alienígena não achei tão interessante. Por isso gostei mais do clima do segundo filme com aquela cena de ação inicial do super grupo já entrosado e agindo em várias “missões”, isso é história em quadrinhos na veia, é como ver em live action o que já vimos na HQ.

    Vingadores pode ser resumido por aquela cena de abertura do Avengers 2, quem leu e quem cultua os quadrinhos clássicos dos anos 60 sabe disso. Mesmo com todas as reformulações e mudanças dos anos 708090, os Vingadores são essencialmente o que foi mostrado naquela cena.

  • Felipe Pinheiro

    Também gostei de Era de Ultron, discordo de todo mundo que diz que o filme foi um lixo 🙂 mas como filme considero o primeiro Vingadores melhor

  • N1N6U3M

    Sim, o que estou tentando dizer é que Vingadores 1 foi tão importante para o cinema que foi o filme mais marcante desse gênero no século 21.

    Ele definiu os moldes e foi consequência de uma série orquestrada de filmes solo com a finalidade de emular no cinema o mesmo espírito das HQ’s que funcionam num mesmo universo de histórias emaranhadas.

    Tudo que vir depois de Vingadores 1 irá seguir o modelo, agora que os personagens já são bem conhecidos e os filmes solo podem brilhar por si mesmos, cada filme evento dos Vingadores vai marcar mais uma cesta de três pontos ao placar, um “mais do mesmo” que sempre soma no final.

  • Felipe Pinheiro

    Eu entendi isso e como disse mais acima não é problema pra mim ser mais do mesmo ou não. O que eu quero dizer é que ser simplesmente mais do mesmo não garante que os filme subsequentes tenham igual qualidade ou sejam superiores e é por isso que acho Vingadores melhor que Era de Ultron, porque mesmo seguindo o modelo do primeiro filme (e entregando um bom produto final) vejo que o filme dá umas derrapadas que o primeiro não comete

  • N1N6U3M

    Eu não vejo nunca na pré-estreia kkk

    Sou muito antissocial.

  • N1N6U3M

    Ok, eu também entendi o que você escreveu.

    É que talvez eu seja mais tolerante com essas “derrapadas”, pois elas também acontecem no material fonte das histórias em quadrinhos. Como eu disse, as histórias mais antigas dos Vingadores são realmente muito simples.

    O filme Era de Ultron foi bem fiel a essa “simplicidade” dos Vingadores Clássicos, embora não tenha sido fiel a Graphic Novel em si.

  • Demolimito

    Ótima critica. Eu gosto muito desse filme. Me traz toda a sensação de assistir Indiana Jones e Star Wars. È o entretenimento puro. Fora as musicas que são encaixadas perfeitamente no filme. São quase um personagem dentro da historia. Esperando ansiosamente pelo segundo… Tá perto!

  • Felipe Pinheiro

    Ah sim 🙂 Enquanto comparo Era de Ultron mais com o filme anterior do que com esses quadrinhos. Não li muitas histórias dos vingadores dessa época só as mais clássicas mesmo (origem, ressurgimento do capitão no nº#4, nova formação na edição 16, guerra kree-skrull e saga de korvac) e nunca lia a era ultron nos quadrinhos então até por isso nem tenho como comparar o filme com a hq que da nome a ele

  • Rodrigo

    Exatamente. Vingadores foi a culminação de um sonho de décadas de todo mundo que é fã de HQs. No segundo, muita gente já queria novidades, um filme diferente e não uma história igual, com a mesma estrutura (que é o que sempre tivemos nas HQs…rs).

    Eu penso o seguinte: quem teve sua introdução no mundo dos quadrinhos através das HQs regulares, mensais, quem cresceu lendo essas histórias, e teve as graphic novels como acréscimo, e não como “prato principal”, teve muito mais chance de gostar do 2. O mais do mesmo, a repetição, sempre foi a essência das HQs.

  • Rodrigo

    Muito bem apontado. A relação dos personagens enquanto Vingadores no segundo filme é muito parecida com as dos quadrinhos. As afinidades maiores entre várias duplas, as divisões, as provocações. É justamente o que sempre li nas HQs. Lembro que sai do cinema em Era de Ultron muito mais fascinado do que no primeiro Vingadores.

  • Rodrigo

    Também não gosto de pré-estreia e estreia, mas esses filmes de super-heróis vou ver logo no primeiro dia possível pra não ter que ficar fugindo dos sites…rs

  • N1N6U3M

    Agora com essa minha nova mania de ler quadrinhos digitais eu consigo me manter um pouco desconectado rsrs

    Eu consigo focar um pouco a atenção nessas leituras, seja de livros ou de quadrinhos, porque o tempo no PC é um vício pra mim que absorvia todo o meu tempo livre e eu não fazia outras coisas.

  • N1N6U3M

    Então leia (as histórias clássicas depois da origem)! Vale a pena.

    Como eu disse são histórias muito simples.

  • N1N6U3M

    Ainda mais que agora estou relendo no tablet esses quadrinhos da Era de Prata e dos primórdios dos Vingadores, a primeira vez que estou conseguindo ler esses quadrinhos de uma forma mais cronológica.

    Tudo graças a essas maravilhas digitais rsrsrs

  • Angel

    kkkk aqui as pré estreias não são lotadas,porque acontece meia noite. Agora na estreia o bicho pega.

  • Angel

    Obrigado amigo. Ansioso para o segundo filme também, farei a crítica com spoiler.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Quando o filme estreou, eu estava viajando a trabalho, em Minas Gerais. Lembro quando fui ao cinema com um amigo, que eu tive que convencer a ir comigo. Quando o filme começou e tocou “I’m not in love”, eu percebi que estava diante de um filme diferenciado.
    Ótima crítica, Angel:-)

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Muito safado esse dcneco…kkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo
  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Marvecooooooooo

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Não!

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Só vou poder ler ele completo no fim de semana. É que eu saio do trabalho e tenho faculdade:-(

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Ele é muito bom mesmo. O diretor do episódio 9 também merece. É o melhor episódio das duas temporadas, aquele que mostra a luta do Demolidor com o Nobu.

  • Angel

    Hei ahahahahah Sou MarveDcnauta uma nova especie

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Tá parecendo um fanboy hermafrodita…lkklkkkkkkkkk

  • Angel

    Basicamente isso kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Ei, Pedro, se eu te pedisse pra ler algo que escrevi, você leria?

  • Essa música é foda demais também!!!

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Enquanto que você me propõe ler algo que você escreveu, o Dave fica me propondo um encontro, aquele viadão…kkkkkkkkkk
    Claro que eu vou ler. Manda aí:-)

  • Olha que garoto viajado, cheio da grana kkkkkkkkkk

  • ai adorooooooo kkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Viajado na maionese…kkkkkkkkkk
    Não sei de onde você tirou que eu sou cheio da grana….kkkkkkkk

  • kkkkkkkkkk Pois eu sou ricaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Já falei pro Dave parar de sentir tesão por mim, aquele viadão…kkkkkkkkkk

  • Lá naquele canal, meu e do Aragorn. Tá aqui o link: https://disqus.com/home/discussion/channel-terramediaespacial/o_ultimo_trovao/

  • Felipe Pinheiro

    Tudo bem Pedro camarada, não se preocupe com isso 🙂

  • Angel

    Obrigado Pedro. Fique de olho, eu e Rodrigo iremos fazer as criticas sem e com spoilers.

  • Angel

    Hmm quando que ia me convidar? Legal né, ser o ultimo a saber

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Fico feliz por você, Stella. Você pertence aos 10% de privilegiados que nasceram em berço de ouro. Eu pertenço aos outros 90%, mas estou batalhando pra chegar lá.

  • Angel

    ESTOU SENDO TRAÍDO, 1 MÊS VOCÊ TENDO CASO COM ARAGORN QUE ABSURDO!

  • To brincando bobo, não sou rica kkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Mas deve pertencer a uma classe social mais alta que a minha.

  • Calma. Estava convidando o pessoal aos poucos. Apenas 3 pessoas comentam lá… kkkkk (5 se contar os que vez ou outra aparecem kkkk)

  • É um canal de histórias, Angel.
    NÃO TEM TRAIÇÃO, NÃO, MEO! kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Muito safado esse dcneco…kkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Já conferi e comentei.

    “Suas sobrancelhas se encontraram, indicando a raiva interior que tomava conta daquele corpo. Uma raiva imensurável, prestes a explodir e produzir mais um poderoso raio. Não havia mais nenhuma alma para ser poupada. Tudo estava liberado, mesmo que essas palavras parecessem cruéis em sua mente.”

    Foda demais!!!

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Não esqueça do caso antigo com o Dave…kkkkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Você adora ver um viadão me paquerando?
    Kkkkkkkkkk

  • Aragorn II, son of Arathorn

    Não tem o que falar desse filme, né?! Hahaha… o Gunn fez um trabalho maravilhoso. É um dos meus favoritos do UCM, competindo com Soldado Invernal e Homem de Ferro 1 pelo primeiro lugar.
    Esse segundo filme vai ter uma tarefa difícil, hein? Hahaha…
    Tomara que supere o primeiro. Seria ótimo se acontecesse.

    Concordo com tudo! EXCELENTE CRÍTICA!

  • Aragorn II, son of Arathorn

    KKKKKKKKKKKKKK!
    Morri!

  • Aragorn II, son of Arathorn

    Hahaha… aparece lá, Angel! Ainda não tem quase ninguém, como o Jipeiro disse. Kkkkkkkkk!

  • Kaecilius, O Fanático

    CASOS DE FAMÍLIA AQUI!

  • Eu não tenho esse fetiche kkkkkk

  • Angel

    kkkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Qual fetiche você tem, então?

  • Angel

    KKKKKK Seu DCneco safado, nossos filhos Kamalla e Deathstroke não podem saber disso

  • Angel

    Hmm okay vou passar la para comentar

  • Angel

    kkkkkkkkkkkkk

  • Angel

    Passarei sim^^

  • Angel

    Né isso Pedro vou contratar uns caras pra dar uma surra nele HAHAHAHAHA

  • Angel

    KKKKKKKKKKKK

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Fuleiro…kkkklk

  • Felipe Pinheiro

    eu não vejo porque não suporto gente empolgadinha gritando e tendo ataque no meio do cinema

  • Angel

    Obrigado amigo. Penso o mesmo sobre os tres filmes, espero que supere tem tudo para superar. James Gunn disse que eles possuem uma cena fantastica do Ego, com um CGI mas incrível ja feito, então irei acreditar nele rsrs

  • Aragorn II, son of Arathorn

    Nossa… impressionante! Espero que o Gunn se supere nesse filme. Também gostaria de ver o que ele poderia fazer na DC, mas acho difícil deixarem ele escapar… rsrs

  • Angel

    Acho que ele não escapa, o próprio está procurando outro projeto dentro da própria Marvel. Seu maior interesse é adaptar o Cavaleiro da Lua. Joss Whedon somente saiu da Marvel pelas criticas negativas em cima dele, a pressão em cima dele, entre outros fatores.

  • Pedro, o Homem Sem Medo
  • Aragorn II, son of Arathorn

    Também acho. O que é bom, e ao mesmo tempo uma pena… que ele faça um bom trabalho na Marvel!
    Cavaleiro da Lua com ele seria INCRÍVEL, mesmo que ainda nao tenha lido nada do personagem.
    Sobre o Whedon… não acho Era de Ultron um filme ruim. Só foi abaixo do primeiro, pra mim e pra maioria do público. E o hype tava GIGANTESCO…

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Kkkkkkkkkk

  • YOU ARE BEWITCHED

    A dancinha do Quill faz total sentido dentro do contexto do filme e foi uma sacada bem original.
    Muito melhor do que aquela merda de “save Martha”

  • YOU ARE BEWITCHED

    Cara,vou ter que discordar,embora os dois filmes dos Vingadores sigam a mesma linha narrativa e tal,o Era de Ultron tem defeitos,como você mesmo citou a edição dele é pior,o filme é muito corrido,tem aquele romance ridículo e desnecessário do Hulk com a Viúva Negra e a morte barata do Mercúrio no final do filme.
    Já o primeiro filme não tem defeito nenhum,é muito mais conciso e o andamento da trama é muito mais natural e orgânico.

  • YOU ARE BEWITCHED

    HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA I’M HOOKED ON A FEELING

    Excelente crítica Angel,Guardiões da Galáxia é meu segundo filme favorito do UCM,perde só pro Soldado Invernal.

  • Ahhhhhhhhhhhhhhhh, mas não é mesmo! Aquela cena é uma obra de arte!

  • Herbie: O escritor

    O bom desse filme é o desenvolvimento dos personagens da equipe(em especial Star Lord,Gamora,Rocket e Groot,o Drax não teve tanto mas não estava ruim no filme),algo que deveria ter acontecido em Esquadrão Suicida,um filme que tinha potencial para ficar no nível de GdG.
    No final,os mais desenvolvidos são a Amanda Waller,Arlequina e Pistoleiro. O resto virou resto.

  • Herbie: O escritor

    Eu respeito quem gosta,mas eu acho fraco em comparação com Avengers 1. Não acho terrível como alguns fanboys da DC tentam pregar,só acho fraco.
    Em especial,esperava mais do Ultron e odiei aquele romance da Viúva Negra com o Hulk.

  • N1N6U3M

    Nem vejo na estreia também. Costumo ver numa terça-feira da semana posterior, menos gente fazendo barulho nas salas também, mas se o filme tem forte bilheteria costumo esperar mais tempo.

  • YOU ARE BEWITCHED

    Faria Orson Wells ficar com inveja kkkk

  • Rodrigo

    Os dois têm defeitos, o segundo mais, mas estão muito próximos um do outro. Gostar mais de um que de outro vai de cada um, mas achar o primeiro uma obra-prima e o segundo um lixo, como a maioria faz, é completamente incoerente quando se analisa os dois filmes. Não tem sentido. Acredito que essa repetição evidente do Whedon foi um dos motivos para o estúdio tirá-lo do terceiro.

  • YOU ARE BEWITCHED

    Ah sim,com isso eu concordo,não faz o menor sentido dizer que o primeiro é uma obra-prima e dizer que o segundo é um lixo.

  • YOU ARE BEWITCHED

    Ah,e quais seriam os defeitos do primeiro?

  • Angel

    amigo tu postou sua critica de paixão de cristo sem nada, so tinha a ficha tecnica tive que enviar para lixeira. Respost porque nao sei o que houve, tava postado sem nada

  • Rodrigo

    Eu não postei. Deixei agendado para amanhã.

  • Rodrigo

    Restaurei o post e alterei o horário. Você poderia ajustar o fuso-horário do site para o nosso. Só ir em Wp-Admin > Configurações > Geral.

  • Angel

    okay vejo isso. Mas o problema nem foi isso nao tinha nada mesmo kkkk

  • Rodrigo

    Sim, o post não está finalizado ainda…rs Deixei agendado lá com apenas as informações do filme e as tags.

  • Rodrigo

    Pode-se dizer que o filme é cheio, megalomaníaco (o segundo é mais, mas o primeiro também), ação atrás de ação, excessivamente longo, pode-se apontar muita coisa. São “defeitos” que não me incomodam nem no primeiro nem no segundo, até porque são blockbusters, entretenimento (tem que ter MUITO problema grave pra atrapalhar) e poucos são os filmes perfeitos – e nenhum filme de super-herói está entre eles.

  • YOU ARE BEWITCHED

    Ah cara,pode até ser um filme cheio,megalomaníaco,etc. Mas como eu disse,a trama é cativante e o andamento é bem orgânico e natural,e consequentemente,o filme entretém e diverte do começo ao fim,então não tem porque reclamar (pelo menos não pra mim),agora olha por exemplo X-Men Apocalipse ou BvS,foram exemplos de filmes inchados e megalomaníacos que foram horríveis.

  • Agente Daisy Johnson

    Excelente crítica , Angel. Um filme memorável, e gosto bem mais dele do que os dos Vingadores.

  • Agente Daisy Johnson

    Concordo com tudo que disse ^^

  • Rodrigo

    Sim, por isso que eu disse que no fim não incomoda. Erros todos os blockbusters possuem, se você for analisar a fundo vai achar. Mas esses citados possuem mais qualidades, diferentemente de Apocalipse, BvS, Esquadrão Suicida e outros, onde os erros são tão gritantes que nenhum aspecto positivo suplanta…rs

  • YOU ARE BEWITCHED

    Ah,isso sim,afinal,embora muitas pessoas atualmente parecem ter esquecido,blockbusters não são feitos para serem obras-primas cinematográfica e sim entretenimento,então claro,defeitos eles certamente terão porque faz parte do conceito de blockbuster,mas quando um filme cumpre sua função de divertir e entreter (como é o caso dos dois Vingadores),significa que ele é um bom filme,pois cumpriu o que prometeu

  • Clementine Kruczynski

    Amo esse filme, meu preferido da Marvel, é praticamente a palavra diversão traduzida em um filme, personagens carismáticos, ótimo timing cômico, trilha sonora incrível e alem do mais mesmo q não seja um filme original no sentido de trama e narrativa e ele possui carisma e personalidade e isso que fez o filme um sucesso inesperado e absoluto.
    Ja to contando os dias para o próximo filme!