Crítica | Capitão América: Guerra Civil (2016)

Capitão América: Guerra Civil foi um projeto audacioso dos irmãos Russo, que inicialmente se chamava Capitão América: Sociedade da Serpente, no qual a trama envolveria somente Bucky, o Soldado Invernal , Steve Rogers e introduziria o Pantera Negra pela primeira vez. Mas os irmãos Russo tinham algo mais ambicioso em mente, e que foi impulsionado pelo anuncio de Batman vs Superman, um segundo roteiro no qual abrangeria grande parte dos heróis do Universo Cinematográfico Marvel até então.  No qual se basearia no aclamado grande eventos dos quadrinhos da Marvel, Guerra Civil, com aval do Kevin Feige, o projeto seguiu em frente.

A trama encontra Steve Rogers (Chris Evans) liderando o recém-formado time de Vingadores em seus esforços continuados para proteger a humanidade. Mas, depois que um novo incidente envolvendo os Vingadores resulta num dano colateral, a pressão política se levanta para instaurar um sistema de contagem liderado por um órgão governamental para supervisionar e dirigir a equipe. O novo status quo divide os Vingadores, resultando em dois campos: um liderado por Steve Rogers e seu desejo de que os Vingadores permaneçam livres para defender a humanidade sem a interferência do governo, o outro seguindo a surpreendente decisão de Tony Stark (Robert Downey Jr.) em apoio à supervisão e controle do governo.

Com vários desastres que foram causados indireta e diretamente pelas ações dos Vingadores, os líderes mundiais representados na ONU decidem que chegou a hora de acabar com a liberdade de ação desses heróis ou aprimorados, os obrigando a assinar o Tratado de Sokovia( Ato de Registro). Porém o Steve Rogers não concorda em agir como uma milícia superpoderosa para governos que seguem agendas e ideologias que estão em constante mudança. Não quer virar uma espécie de mercenário, algo que tentaram no passado, então ele entende bem. Ao contrário de Tony Stark, abalado desde a batalha de Nova Iorque, que reconhece que é preciso responder por suas ações para partes superiores ou seja o governo. A cisão não gera conflito físico direto, mas os ânimos começam a se acirrar.

Infelizmente isso é apenas melhor trabalhado no primeiro ato, os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely, não continuam a investir nisso no segundo ato, o que seria muito interessante. Depois da explosão que acontece em um prédio onde estava instalada a comissão dos Tratados de Sokovia durante o começo da reunião, todos temem uma retaliação maior. E logo o atentado é associado ao infame Soldado Invernal, Bucky Burnes, acreditando na inocência do amigo, Steve Rogers reúne seu time e parte em busca de Bucky tentando protegê-lo de esquadrões policiais e da equipe já regularizada de Tony Stark que recebem ordens para matar Bucky se for preciso.

‘’Atrás das cortinas’’, ajudando a alimentar o fogo do conflito entre as duas partes há o verdadeiro antagonista da história, Zemo (Daniel Brühl), que apesar de ser bem interpretado pelo ator, se torna mais um vilão não muito memorável da Marvel. O primeiro ato  foi  excelente , porque desenvolve  bem,  os muitos heróis presentes na trama, enquanto erram ao pedir tanto da nossa suspensão da descrença em relação ao plano de Zemo que é um dos mais mirabolantes que a Marvel Studios apresentou. E como já estava nos planos originais, muito antes do Homem Aranha, somos apresentados pela primeira vez ao Pantera Negra, que foi muito bem interpretado por Chadwick Boseman, que abre ”portas” para conhecermos em breve seu reino, Wakanda. Firmando uma história de origem para o herói wakandano. O atentado a nações Unidas é o ponto que justifica a transformação da jornada dele de vigilante para herói em uma linha diálogo que apresenta a vontade do rei em ver seu filho aprender a fazer diplomacia como um grande governante deve fazer. Por logo em seguida marcar o carinho entre os dois, com a morte do personagem, e que sentimos o sofrimento de T’Challa de  tão bem apresentado por Chadwick.

Toda a trilha sonora foi composta por Henry Jackman que absolutamente primorosa , sendo uma  das melhores trilhas sonoras da Marvel Studios, que chega ao ápice, podendo ser considerada a melhor OST e que alcança toda uma dramaticidade na trama e se torna épica ao mesmo tempo é ”Clash” .

Divididos, Cairemos!

O maior problema de Capitão América: Guerra Civil, portanto, acaba sendo essa comparação com sua fonte original, os quadrinhos, no qual tentou trazer elementos da saga para o filme, quando poderia atingir uma independência maior, ou se apenas tivesse trabalhado em cima como  ponto de partida a briga entre Tony Stark e Steve Rogers envolvendo o ator de registro. O título sequer precisaria trazer ‘’guerra’’, algo que, de fato, não chegamos a ver no filme. Mas o marketing fala muito mais alto e mais ingressos foram vendidos com o subtítulo nos cartazes.

O que havíamos visto no primeiro ato era uma ação muito ”picotada”, repleta de câmeras nervosas e também pela velocidade altíssima do obturador da câmera (As velocidades do obturador são subdivididas em baixa de 1 até 30, média de 60 até 250 e alta de 500 até 8.000), que acabou resultando em um efeito inorgânico nas ágeis movimentações dos personagens que são exigidas ( vide na primeira cena da Viúva Negra em ação).  Já no clímax do segundo ato temos uma ação que comporta-se de modo mais clássico com movimentações elegantes, além de ser uma das mais imaginativas que podemos conferir em filmes de super-heróis. Os Irmãos Russo sabem muito bem como fazer a equipe usar seus poderes e habilidades sempre cooperando uns  com os outros, que são resquícios do trabalho de Joss Whedon em Os Vingadores.

Temos claramente um plano sequência inteira que foi somente para trazer um espetáculo visual, dos heróis tentando impedir uns aos outros de passarem. No qual temos diversos conflitos inéditos com Gavião Arqueiro vs Homem de Ferro, Homem-Aranha vs Falcão e Soldado Invernal, Homem-Aranha vs. Capitão América, Gavião Arqueiro vs. Pantera Negra, Homem-Formiga vs. Máquina de Combate e Homem de Ferro. E como não se admirar com o Homem Aranha sendo introduzido pela primeira vez no universo Marvel dos cinemas, e mesmo que tenha sido um belo fan service o Homem Aranha ( Tom Holland) que  enfrenta o principal herói que idolatra fora Tony Stark, o Capitão América. Tudo isso em uma cena espetacular, mas que não supera o embate final, Bucky e Capitão América vs Homem de Ferro no terceiro ato.

Em falar em terceiro ato. Simplesmente os irmãos Russo dirigiram excelentemente, no qual atingem a perfeição da câmera clássica e da ação e que nos admiramos, eles abandonam completamente o estilo que apresentaram no começo do filme e em Capitão América: Soldado Invernal. A coreografia da luta é muito mais violenta que a do aeroporto inclusive. O roteiro mostra-se bem estruturado e amarrado, uma atmosfera perfeita para a tragédia anunciada é criada.

Conclusão

Um maior distanciamento do material base permitira que o drama da divisão da equipe fosse abordada com mais profundidade, faltou essa ousadia nesse quesito. Mas ainda sim é um dos melhores blockbusters da Marvel , e que deixou muitos dos seus fãs e a grande massa bastante satisfeitos.

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War) – EUA, 2016 Duração: 147 minutos.

Direção: Anthony e Joe Russo

Roteiro: Christopher Markus e Steven McFeely

Elenco: Chris Evans, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, Don Cheadle, Anthony Mackie, Jeremy Renner, Chadwick Boseman, Paul Bettany, Elizabeth Olsen, Paul Rudd, Emily VanCamp, Tom Holland, Daniel Bruhl, Martin Freeman, William Hurt, Frank Grillo, Marisa Tomei, John Kani, John Slaterry

  • Deathstroke

    Ótima crítica Angel.
    CA:GC foi o melhor filme de 2016, junto com BvS (me julguem); além de ser, na minha opinião, o terceiro melhor filme da Marvel (apenas atrás de CA:SI, que fica em primeiro e Vingadores 1, que fica em segundo).

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Vou postar a análise que eu fiz do filme na época do lançamento:

    “Se um reino estiver dividido contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; se uma casa estiver dividida contra si mesma, tal casa não poderá subsistir”
    Marcos 3: 24-25.

    O mais recente filme da Marvel é a convergência de tudo o que tinha sido feito antes. Todas as motivações e reações dos personagens neste filme são determinadas pelas experiências pessoais de cada um. Diferente de outros filmes da Marvel, que abordam o efeito do mundo sobre os personagens, a Guerra Civil aborda o efeito dos personagens sobre o mundo, e isso é algo extremamente inovador e desafiador.
    Partindo da ideologia de Edmund Burke, que diz que para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada, os heróis jamais ficam em cima do muro, mostrando cada um o seu ponto de vista. Se nas hqs era difícil escolher um lado, no filme a tarefa se mostra ainda mais difícil, ainda que o filme seja do Capitão América. E é com esse conflito de ideias que a Guerra Civil se instala na trama. Enquanto que o Homem de Ferro é assombrado com o seu passado de fabricante de armas e criador do Ultron, o Capitão é relutante em confiar em instituições, visto o que ele passou no seu filme anterior.
    O maior acerto de Capitão América: Guerra Civil é a redução de escala. Sim, é isso o que acontece neste filme. Apesar da profusão de heróis e da trama política, a Guerra Civil é um filme sobre os personagens. Até mesmo o vilão do filme tem uma motivação crível, que nos faz, de certa maneira, simpatizar com ele. A luta final promovida pelo plano do Zemo foi sensacional, pois ela não foi uma luta por um bem maior, como acontece na maioria dos filmes, ela foi uma briga pessoal, uma “Vendetta”. É muito bom ser surpreendido com uma quebra de paradigma, ainda mais quando envolvem personagens com os quais nos importamos tanto.
    Capitão América: Guerra Civil é, desde já, o melhor filme da Marvel. Só não leva nota máxima por seu final “agridoce”. Pela grandiosidade e pelo tema abordado, eu esperava um final mais amargo para a obra. No entanto, o filme acerta infinitamente mais, então a minha nota é:

    9,5

  • Pantera Negra

    Maravilhoso, mais uma excelente crítica, Angel! Guerra Civil trouxe um desafio e tanto pros irmãos Russo. Acredito que não foi apenas mais uma aposta ousada da Marvel, mas também um belo teste pro que nos aguarda. Que venha Guerra Infinita e um Thanos tão bom(ou melhor) quanto o Starlin nos proporcionou ver.

  • Rodrigo

    É ótimo reler esse seu comentário, meu amigo. Como disse na época, Guerra Civil uniu as melhores coisas de Vingadores e Soldado Invernal em um único filme. Melhor filme do gênero no ano passado, um dos melhores de todos, e na minha opinião o melhor da Marvel Studios.

  • Mulher Mortífera

    Crítica primorosa Angel, Parabéns! Guerra Civil foi um excelente filme de 2016 mas não foi o meu preferido acho que o filme Animais Noturnos e A Chegada me ganharam. Gosto bastante de filmes de herois, mas eles nunca me ganham por completa.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu que adoro ler e reler seus comentários míticos. Ainda não entendo por que algumas pessoas criticam o filme por se distanciar da hq. Até parece que com os outros filmes é diferente. E se você quer saber, eu achei ótimo que ele tenham tomado um caminho diferente da obra original, que é muito superestimada. Guerra Civil é uma excelente saga, mas não é a melhor da Marvel, como muitos dizem por aí. Naquele mesmo ano que ela foi lançada, a Marvel lançou outra saga muito superior à Guerra Civil, a saga cósmica Aniquilação. É uma pena que essa saga maravilhosa tenha sido eclipsada pela Guerra Civil.

  • kamalla

    Crítica destruidora Angel, não me surpreendo, arrasou! Capitão América: Guerra Civil ficou em segundo lugar para mim, gostei mais de Doutor Estranho.

  • Mr.Doom

    Ótima crítica.
    Com a Guerra Civil, a trilogia do Capitão América se provou como a melhor do MCU. Embora meus favoritos ainda sejam “Capitão América: O Soldado Invernal” e “Homem de Ferro”, o terceiro longa do Sentinela da Liberdade consegue figurar entre os melhores filmes baseados em HQs.
    Ver o Pantera Negra em live action foi um sonho realizado. Esperava por uma aparição dele desde o primeiro Vingadores. Sem falar da icônica cena do Gavião Arqueiro atirando o Homem-Formiga na ponta da flecha e o Tom Holland nos entregando um Homem-Aranha que faz jus à sua contraparte dos quadrinhos. Os olhos inspirados na arte do John Romita (um dos grandes responsáveis por definir o Homem-Aranha pelo o que ele é hoje) são a cereja do bolo. Outros pontos que destaco são a imponência transmitida pelo Visão e o Robert Downey Jr. que ao meu ver, foi o auge de seu papel como Homem de Ferro.

  • kamalla

    É exibido querendo ofuscar a critica do Angel hauhauhuahu (botando lenha na fogueira), tome vergonha hauhauhau .
    Excelente mini crítica, só acho que exagerou na nota Marveco Safado eu dou 8,0. Soldado Invernal eu já acho que merece 9,0. Guardiões da galaxia merecem 9,5.

  • Angel

    Obrigado amigo mercenário. Hm sobre filmes de heróis coloco BvS atrás de Guerra Civil, mas gostei da versão estendida, se não tivesse visto essa versão colocaria bem abaixo de segundo lugar.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Guerra Civil é um muito mais complexo que Guardiões ou O Soldado Invernal, sapeca. A quantidade de personagens e subtramas foram bem trabalhadas, então por isso eu dei a nota 9,5. E não foi exagero nenhum. O Tiago Belloti, que é um dos melhores críticos de cinema do Brasil deu nota 9,4 para o filme.

  • Angel

    Otima analise, a premissa do primeiro ato é essa que citou :”Enquanto que o Homem de Ferro é assombrado com o seu passado de fabricante de armas e criador do Ultron, o Capitão é relutante em confiar em instituições, visto o que ele passou no seu filme anterior ” , e que também citei em parte na crítica. Queria que apenas isto fosse trabalhado e que Bucky não tivesse destaque e nem Zemo entrasse na parada, ai o nivel de dramaticidade seria bem maior.

  • Angel

    Muito obrigado @DisqusGuilherme:disqus , fico lisonjeado : ) E o maior desafio deles será fechar a fase 3, com os dois filmes dos Vingadores, estou ansioso para ver esse resultado.

  • Angel

    Muito obrigado@mulhermortfera:disqus que bom que gostou. Devo confessar que o meu longa preferido de 2016 é a A Chegada, mas de heróis é Guerra Civil.

  • Angel

    Obrigado amigo @disqus_xJ4dYWXfrF:disqus , dentro do MCU os meus favoritos são justamente esses Soldado Invernal, HF e Guardiões da Galáxia. Não sou tão chegado aos Vingadores, mesmo tendo gostado do filme, não tive tanto a conexão emocional que as pessoas que leram as HQs tiveram, mas lembro que fiquei no hype também.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    “Queria que apenas isto fosse trabalhado e que Bucky não tivesse destaque e nem Zemo entrasse na parada, ai o nivel de dramaticidade seria bem maior.”

    Esse é um dos grandes problemas de quem analisa um filme: analisar segundo aquilo que ele gostaria que tivesse acontecido.
    Não é por que o filme não tomou o caminho que você gostaria que ele teve menos dramaticidade, Angel. Não existe no MCU dramaticidade maior que a luta final de Guerra Civil. NÃO EXISTE!!!
    E sem o Soldado Invernal e o Zemo nada daquilo seria possível!!!
    O filme é foda!!!

  • Angel

    Obrigado @disqus_eOKyqHMd8N:disqus fico feliz com isso hehehe Voce é do contra hein Doutor Estranho para mim não correspondeu tanto as minhas expectativas. rrs

  • Mr.Doom

    Vingadores também nunca foi o meu foco de leitura. Sempre li mais coisa dos X-Men e histórias solo (Justiceiro, Thor, Nick Fury, Motoqueiro Fantasma, etc). Mas foi muito bom ver elementos clássicos sendo representados no cinema.

  • Pedro, o Homem Sem Medo
  • Angel

    Toda a crítica se baseia um pouco na opinião pessoal Pedro, mesmo que tentamos ser imparciais. E falo isso para o ”bem” da trama, o conflito do Tony com Steve para mim teria sido bem melhor se tivesse levado outros caminhos, e olha que nem terminei de ler a saga da HQ que é muito superior. E nem fui influenciado por ela, pois estava com o rascunho dessa critica desde o ano passado, comecei a ler a HQ esse ano.
    Voce não entendeu o que quis dizer, o final da minha critica fala o que sobre o terceiro ato?
    Acho que seria possivel sim, e não disse a retirada do Soldado Invernal por completo, mas ter diminuído sua participação, mas é claro com outro contexto. O filme poderia apenas se basear no conflito de Tony com um esquadrão do governo (talvez thunderbolts), e os vingadores do lado do Tony indo na captura do Time do Steve Rogers, ia ficar mais épico até.

  • Rodrigo

    Pois é, praticamente todos se distanciam, mas aí a crítica nesse sentido é sempre seletiva…rs Também gostei que se distanciaram, primeiro porque não tinha como fazer igual, por conta da quantidade de personagens e por ser outra mídia, e segundo porque o desenvolvimento dos heróis no UCM é bem distinto das HQs. As identidades secretas são irrelevantes no cinema, era óbvio que precisariam trilhar outro caminho. E a HQ realmente não é lá essas coisas…rs

  • Angel

    Otima referencia só faltou eu adicionar esse gif na minha lista.

  • Angel

    No meu caso também, X-Men sempre foi o foco, inclusive porque tinha um tio meu fã deles,que me trazia as HQs.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A hq não é superior ao filme coisa nenhuma. Já li ela duas vezes. É uma ótima saga, mas com um desenvolvimento que deixa bastante a desejar. E os Thunderbolts ainda não existem no MCU, logo a sua proposta não faz muito sentido.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Não é tudo isso que dizem, não. É uma ótima saga, mas a Marvel tem melhores.

  • Angel

    A trama acho sim, não falo de todas edições até porque só leio as principais. Claro não podemos comparar um filme com uma hq são estruturas diferentes, falo do miolo dela mesmo.

    Eu apenas sugeri, parece que você está estressado, seria uma ótima oportunidade de introduzir eles , a oportunidade era perfeita.

  • Não ligue não, quando Pedro está de TPM só a opinião dele importa e todos se tornam burros perante ele. Estou acostumada. kkkkkkkkkkk

  • Eu mesma pelo que eu li prefiro a HQ sim, os conflitos são melhores. Mas claro ela tem a vantagem de ter todos os heróis da editora envolvidos.U.U

  • Lúcio Oliveira

    Considero Guerra Civil o melhor filme de ação/herói já feito.

  • a minha é claro Saga da fenix Negra que é lembrada até hoje, o resto é resto
    https://uploads.disquscdn.com/images/850201c2fb4c99c53ed7bb510a7ee8698d149c1eea015c5b61281e1af0334da6.gif

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Falou a entendida no universo Marvel. A hq nem de longe é tudo isso que você falou, Stella.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A Marvel tem várias melhores, também.

  • E eu falei oq?kkkkkkkkk eu disse QUE PREFIRO, nem disse que o filme é ruim. E como eu disse, prefiro 1 milhão de vezes as séries, que dão um banho em roteiro. Nunca disse que era entendida do universo marvel, sou fã dos X-Men não da Marvel, se fosse fã da MARVEL eu iria ler todos os titulos dela, e os mega eventos.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Então fique nos X-Men, que é a sua especialidade.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Ainda estou lendo o encadernado.

  • Me intrometo mermu U.U tu fica dando coice no meu irmão e querendo distorcer o que ele fala ai, so to de olho.

  • kamalla

    Infelizmente o Marveco tem esse defeito chato, Angel fez uma crítica excelente,concordo com tudo.

  • Pantera Negra

    Idem. Você passar 10 anos acompanhando uma saga, é de se esperar um final mais do que épico. Tô tão ansioso que um dia desses tive um pesadelo com o Thanos sendo igual ao Mandarim kkkk

  • kamalla

    Não acho prefiro os contextos apresentados em Soldado Invernal mesmo. Não gamei no filme porque a Marvel peca principalmente nas heroínas, Viúva Negra e Feiticeira Escarlate em Guerra Civil são totalmente irrelevantes. E para de querer esculachar a critica do Angel que ja ta feio Marveco.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Não estou esculachando a crítica de ninguém, estou apenas expondo o meu ponto de vista, já que sou leitor da Marvel há mais de uma década.
    (Diferente de muitos aqui)

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Falei com propriedade e entendimento do assunto. Só lamento se vocês não conseguem refutar meus argumentos… como eu consigo fazer com o de vocês. É por isso que eu só falo daquilo que eu entendo e domino.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Introduzir os Thunderbolts em um filme da Guerra Civil?
    Kkkkkklkkkkkkk
    Melhor deixar pra lá.

  • kamalla

    Depois dessa patada na minha cara, me retiro daqui. Passar bem!

  • Kleber Oliveira

    A questão toda é simplesmente a quantidade de heróis. O desenvolvimento dos personagens é pouco discutido, algumas pessoas colocaram a superficialidade do personagens do UCM num patamar tão absurdo que poucos conseguem notar a evolução mais óbvia que eles tiveram. Já a questão da identidade, bom, até o Mark Millar já escreveu em uma das edições especiais que esse era um ponto difícil de trazer para a própria HQ, já que o único personagem que realmente tinha uma identidade secreta entre os principais era o Homem-Aranha. A questão toda era com o que aconteceria com os que estão fora do grande círculo, então é impossível você tratar isso no cinema. O que sobra é a quantidade de personagens. Poderia ter sido uma adaptação ainda pior, mas se tivesse os trilhões de personagens já veriam com outros olhos.

  • Rodrigo

    Com certeza. Bastaria ter cameo de uns vinte heróis que já diriam que é uma adaptação excelente…rs Pessoal não está preocupado no resultado final em outra mídia, totalmente distinta da HQ, tá preocupado em fan service.

  • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Sinceramente, depois dessa Pedro. Você deveria mudar seu NICK PARA TONY STARK, seu ego bate nos céus. Nem vou perder tempo hoje discutindo com você, tem dias que tu surta aí e não atira em todo mundo, se achando o cara. Então continue no seu mundo aí que somente existe você de inteligente, que tu vai ”longe”

  • Kleber Oliveira

    Editei agora: “A questão toda é simplesmente a quantidade de heróis”. Não sei porque escrevi ‘nome’.

    Pode perceber, quase sempre não sabem nada da história, são só reclamações superficiais. Lembra aquela discussão no O Vício sobre a adaptação? Era um pérola atrás da outra. Teve até aquele falando que um quadro mostrava a verdadeira Guerra Civil sendo que era apenas uma capa, haha.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Desculpa pelas minhas palavras duras. Eu amo você, sua sapeca, você sabe disso.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Discussão? Você nem consegue argumentar direito.

  • Estephano

    Eu gosto bastante de Guerra Civil (HQ) também. Mas não consigo entender quando alguém fala que é a melhor saga da Marvel, deve ser porque reuniu muito personagem, só que 90% deles nem fala tem.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Fanboyolagem!!!!
    Aniquilação e Guerras Secretas, do Jonathan Hickman, são infinitamente melhores. E a saga Infinito, do Jonathan Hickman, também é bem melhor construída.

  • Estephano

    Esse negócio de adaptação é complicado, tem gente que reclama de ser diferente da história original, mas nem leu. rs

  • Estephano

    Acho que ajuda também o fato do Mark Millar ser um baita de um marqueteiro. Aquele sabe vender o peixe dele.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sim, ele é ótimo em marketing mesmo, mas tenho que reconhecer que é uma baita saga, só não é a melhor da Marvel, como muitos dizem.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    (A maioria, você quis dizer.)

  • Estephano

    Pensamos igual, então. rs

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    😉

  • Estephano

    Ai eu já não sei. Mas que tem bastante que gente não leu histórias que usam para adaptações e reclamam, tem viu.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A maioria.

  • Clementine Kruczynski

    Amei seu comentário, infelizmente o mundo n é perfeito, e poucas pessoas viram a profundidade dramática e muito bem trabalhada no filme como vc, até pq esse povo hoje em dia(haters da MCU) leva o ”piadometros” para o cinema pra usar isso contra filme(lamentável).
    Eu gostei do final, eu não achei tão agridoce e nem diminuiu o impacto do filme, afinal o Tony e o Steve são companheiros podemos dizer de longa data, n faz sentido esse rivalidade entre eles, e so uma cena em q o Tony olha pra a QG dos Vingadores com o ar de desesperança , aqui foi simbolicamente muito bem feito pra ilustrar todas as consequências do filme

  • Herbie: O escritor

    Concordo com tudo.
    Pedro,nunca apareça no Vício,porque se eles vem esse comentário lá,você será taxado de fanboy kkkk
    Eu e o Rodrigo já fomos chamados de fanboy(e acho que mais gente daqui sofreu isso),imagina você então kkkkk
    Uma dúvida: Você acha o filme melhor que a HQ ou o contrário? Porque já vi gente falar que o filme era melhor.

  • Estephano

    Mas o Pedro é marveco assumido mesmo. rs

  • Estephano

    Se Homem-Aranha 2 fosse lançado hoje em dia, seria hateado até dizer chega.

  • Herbie: O escritor

    Isso é mais preferência mesmo kk
    Ele tem preferência pela Marvel,porém não fala merda da DC em geral como alguns caras,lá no Vício o Rei dos Marvetes mais conhecido é o Randy.
    Eu nem me incomodo muito em ver o pessoal criticando os 3 últimos filmes do DCUE,mas me incomodo com o pessoal que não lê os quadrinhos por exemplo e fala merda.

  • Rodrigo

    Tanto por causa das diferenças feitas em relação aos quadrinhos (que curiosamente hoje vários que reclamam do que saiu sobre Homecoming dizem que era ótimo) como por causa do humor…rs

  • Herbie: O escritor

    Meu sonho: ter um parente que ama quadrinhos DC/Marvel como eu.

  • Rodrigo

    O Cinemark vai exibir 2001 dia 30 de maio: https://www3.cinemark.com.br/lp/classicos-cinemark

  • Deathstroke

    Olha, eu concordo com vocês dois. É a melhor saga dos X-Men, mas da Marvel nem tanto.

  • Kleber Oliveira

    Pois é, reclamar por ser diferente é normal, mas sem ler é foda.

    Você compareceu ao post do Legião, sobre o tal trailer sombrio?

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu fui banido daquele site. Foi por que eu tirei sarro com a cara da Inominável, vulgo Lacradora Maravilha…kkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Marveco safado.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sim, olhando em retrospectiva, o filme foi mesmo excelente. Eu gostaria que depois da batalha, eles ficassem com rancor, mas como você mesmo disse, eles são amigos de longa data, então faz sentido eles terem “reconciliado”.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Que defeito chato? Discordar?

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    O filme é bem melhor construído que a hq.

  • Estephano

    Tava sim, até fiz um comentário naquele principal do Rodrigo. Foi hilário. rs

  • kamalla

    De dar patadas sem motivos em pessoas que te consideram seus amigos

  • kamalla

    Não sei Pedro, fiquei chateada. Quando estou estressada brinco com as pessoas aqui do GIA, não desconto nos outros. Eu ”senti” logo que você está alterado, você sempre brinca, você tem que controlar isso se não você só vai afastar pessoas que te consideram amigo. Eu claramente me doí, porque ja te falei várias vezes que leio sim, recentemente HQs, sempre gostei mais de quadrinhos japoneses e animes, então sou nova nisso. E também pelo jeito que tu falou com a Stella e Angel que gosto deles, são fofos isso não se faz. Não vejo você tratar Rodrigo dessa maneira quando discordam de algo.

  • Kleber Oliveira

    Ah, TENHO que ver dessa vez, cara. Lembra da programação que teria na minha cidade? Pois é, mudaram várias datas no dia do primeiro filme e acabaram tirando o 2001 da programação. Foda. Hoje está passando O Iluminado mas infelizmente não pude ir.

  • Kleber Oliveira

    Putz, é que eu tive que ler por partes. Só eu que perdi esse ao vivo, cara.

  • Estephano

    HAHA. Eu vi, mas não estou com muita disposição e paciência para essas coisas, não. Mas teve uma galera lá que ainda deu corda, foi bom que eu dei altas risadas.

  • Pedro, o Homem Sem Medo
  • Fabiano Correia

    Creio que a disputa para ver quem pegava o Bucky primeiro fez o filme sair do foco que era os acordos de sokovia

  • Angel

    Meu tio me influenciou em relação aos X-Men, mas li bastante quadrinhos italianos e orientais.

  • Angel

    Nossa espero que não, acredito que Thanos vai fazer um belo estrago.

  • Kleber Oliveira

    Por isso mesmo eu li por partes. Eu me sinto vendo o programa do Chaves às vezes, eu fico rindo mas chega uma hora que eu começo a sentir raiva, sabe. Hahaha.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Eu não estava estressado, sapeca, mas eu me exaltei um pouco, reconheço. E você não é obrigada a saber tudo sobre hqs ou sobre qualquer coisa. Eu só acho que nós devemos ter uma boa base antes de falarmos acerca de uma obra. E eu gosto muito da Stella e do Angel, embora tenha me desentendido sobre as nossas opiniões divergentes. E raramente o Rodrigo e eu discordamos sobre esse assunto, pois somos leitores veteranos. Nós conhecemos os personagens como a palma da mão.

  • Estephano

    Sei como é. Ultimamente eu só fico observando mesmo, tem bizarrices que são diversão garantida. rs

  • Neo

    Acho que Homem Aranha 2 do Maguire ainda é melhor, junto com TDK.

  • Ensinando certas pessoas a fazer fanservice e filmes bons ao mesmo tempo

  • Muito bom…

  • Kkkkkk sério?
    Como o site se chama?

  • Rodrigo

    É uma pena que agora exibirão os filmes apenas uma vez. Mas esses três (E o vento levou, 2001 e O Mágico de Oz) não posso perder.

  • Pantera Negra

    Se for como na saga do infinito, assim será. Mas também gostaria de ver aquele lado quase altruísta dele. Se a próxima saga se aprofundar nas questões cósmicas, quem sabe não veremos um Thanos se juntando aos heróis dá terra preta salvar o universo?

  • Max

    Eu adorei esse filme e até hoje adoro. Por enquanto é top 3 no meu ranking pessoal de filmes do UCM, só não sei se em 2° ou 3°, nunca me decidi kkk Os teaser e os trailers do filme também eram excelentes. Até hoje me arrepio com esse:

    https://www.youtube.com/watch?v=8uCmN-MUjQc

    Meu lado fã de HQ ficou supersatisfeito com a batalha do aeroporto e meu lado fã de cinema adorou a batalha final, pra mim a melhor cena do filme. Considero o mais controlado filme do UCM, os momentos de piada foram muito bem colocadas nas cenas da Batalha do Aeroporto. Homem-Aranha e Scott Lang, dois mitos em pouco tempo de filme! <3

  • Ótima crítica, Angel.
    Da mesma maneira que o filme “pecou” se distanciando do material original, ele acertou em fazer isso.
    Eu li o quadrinho recentemente, e gosto bem mais da história do filme. Uma adaptação que levou em conta apenas a premissa (e algumas outras homenagens). Ótimo filme.

  • Excelente, seu marveco safado!
    A única coisa que ainda me incomoda muito no filme é a cena do aeroporto.

  • Essa cena final fez o dcneco safado aqui se emocionar!

  • Chibs

    Mas o que tem de incômodo na cena do aeroporto?
    É uma das melhores sequências de ação do MCU

  • Chibs

    Ótima crítica Angel,desculpe a demora.

    Capitão América:Guerra Civil é fantástico, eu admito que na época do lançamento eu fiquei um pouco decepcionado por querer comparar o filme à HQ,e realmente ele deixa à desejar nesse quesito adaptação, não digo isso pela quantidade de personagens ou pelo andamento da trama, afinal,os personagens do UCM são diferentes de sua contraparte dos quadrinhos e adaptar a saga fielmente era impossível,mas eu falo pela essência,como você mesmo falou na crítica, o conflito ideólogo Capitão América X Homem de Ferro não é tão convincente quanto o do quadrinho e o Ato de Registro no filme foi meio subaproveitado,o Tony Stark até teve suas motivações bem explicadas,mas o Cap ficou meio “não vou assinar essa porra ae não e foda-se”.

    Mas vendo como filme,é extraordinário,a trama é muito bem desenvolvida e muito bem amarrada, os personagens todos os personagens tiveram seu momento de brilhar, as sequências de ação são de tirar o fôlego, o filme tem muitos momentos dramáticos, e os momentos de humor são sensacionais (os fanboys snydecos não tem o que reclamar de “humor fora de hora”).
    Pantera Negra foi MUITO bem desenvolvido durante a trama,Chadwick Boseman foi ótimo no papel e o figurino dele estava impecável. O Homem-Aranha de Tom Holland, apesar de ficar meio deslocado ali na trama e ter sido inserido por puro fanservice,que nem a Mulher Maravilha em BvS, foi ótimo,em seus poucos minutos de tempo em tela,ele passou com maestria toda a essência do Aranha dos quadrinhos.

    O ato final,da luta entre Cap e Stark é de arrancar suor másculo pelos olhos,porque antes eles estavam brigando por discussões ideológicas e o Stark tava meio que apenas seguindo ordens,já na luta final a luta é por motivos pessoais,é MUITO dramático,e a cena da luta é excelente!

    Concluindo, Cap América Guerra Civil é um excelente blockbuster,foi o melhor filme de super-herói de 2016 e é um dos melhores do UCM,é o meu quinto favorito,perdendo pro Soldado Invernal,Guardiões da Galáxia,Vingadores e Homem de Ferro 1.

  • Desculpe, mas discordo totalmente. Pra mim, obviamente, é uma das coisas mais ridículas de todo o MCU.
    (Sem querer causar treta, claro. Sendo sincero)

  • Angel

    Muito obrigado amigo. Sim era isso que eu queria ser desenvolvido o ato de registro e o conflito Tony x steve. Mas infelizmente foi subaproveitado, e como citei nem me importaria seguir um distanciamento do original,faz parte, já que é um filme que não conseguiria condensar esse evento.
    Pelo visto tivemos a mesma percepção acerca do filme. Mesmo que eu tenho gostado do Homem Aranha, foi Chadwick Boseman que realmente brilhou. Algo que me deixou muito empolgado para saber o que a Marvel irá fazer no filme dele, que promete ser um Thriller politico.

  • Angel

    Obrigado amigo, tu anda sumido hein. Mandei até mensagem no face pra tu.
    Eu não vejo como um erro se distanciar um pouco do material original no caso de Guerra Civil porque nesse acaso aqui, foi baseado em um evento grande e não um historia fechada e menor.
    A minha próxima mega resenha, semelhante a Multiversidade será da saga Aniquilação, que pode ser considerada como um evento espetacular dentro da Marvel Comics.

  • Angel

    Eu ja´acho que é apenas para o espetáculo visual, é incrível é. Mas como citei na crítica, nem precisaria desta cena, o embate final mais visceral de Tony x Steve e Bucky achei muito melhor.

  • Chibs

    E porque seria “uma das coisas mais ridículas do UCM?”

  • Angel

    Infelizmente sim, mas foi culpa dos roteiristas novatos , um dos motivos do roteiro não ter sido impecável, ele poderia ter chegado.

  • Angel

    Eu já acho que o brilho do filme se deve ao Pantera Negra.

  • Chibs

    Mudanças na hora de fazer o filme eram inevitáveis,mas a essência deve ser mantida.

    Estou com muito hype pro filme do Pantera,Chadwick já é o Pantera definitivo!

  • Angel

    Depende de que mudanças. eu sou a favor do distanciamento do original como citei na critica, porque é um evento grande. O que deveria ter sido prioridade seria o conflito ideológico de Tony vs Steve, mas okay não exploraram isso além do primeiro ato. Mas o filme não deixa de ser bom por não ter ido para esse caminho.

  • Angel

    esse filme é espetacular tenho até que rever.

  • Neo
  • Neo
  • Angel

    o que está acontecendo?to meio perdido! estou em alagoinha ?kkkkkkkkkkkkk

  • Angel

    É noticia nova?

  • Neo

    Sim, de hoje. Freesquinha. The Button. Será que o mistério de Watchmen será explicado????
    Vamos esperar esse crossover de 4 partes.

  • Angel

    Acho que se houver uma saga será cósmica e pode ser que poderemos ver sim um Thanos altruísta. A Marvel Comics deveria adaptar o evento Aniquilação seria excelente.

  • Neo

    Como assim??? É o crossover The Button, em que Flash e Batman investigam esse misterioso artefato que surgiu no Rebirth quando Wally West apareceu para o Batman kk.

  • Angel

    Melhor porque não to lendo isso ainda kkkkkkkkk

  • Angel

    hmm se tu quiser postar noticias aqui aceito de boas to precisando de mais gente.

  • Neo

    Cara, Rebirth tem muita coisa boa esse ano.

  • Chibs

    Exato

  • Neo

    Tô com pouco tempo kk, tô no horário de almoço rs.

  • Angel

    hmm blz quando mudar de ideia pra posts me avise

  • Neo

    Show

  • Angel

    É pelo tempo mesmo amigo, tenho que ler e assistir muitas coisas para fazer resenhas e criticas. Daí procuro ler historias fechadas por isso também.

  • Neo

    Tô ligado. Eu mesmo estou atrasado em algumas revistas.

  • Angel

    O pior que no meu caso vou alem das Hqs, tem mangas também , series de tv , filmes kkkkkk chega da uma dor de cabeça, só de pensar!

  • Neo

    Vish kkk
    Séries não estou acompanhando nenhuma, infelizmente.

  • Cleber Rosa

    Filmaço, ainda não entendo como alguém pode achar esse filme ruim ou infantil, ou ainda falar que não há violência nele ( não que eu ache que para um filme ser bom ter de haver violência nele ). A luta final entre o Capitão, Homem de Ferro e o Soldado Invernal é perfeita!

  • Mulan moon

    Crítica excelente, Angel. Se o site já estivesse funcionando quando o filme lançou sua crítica ia bombar, esta muito boa.

  • Angel

    Obrigado @mulanmoon:disqus , fico lisonjeado. Infelizmente não foi possivel ter lançado o site antes, mas compensarei com os próximos filmes.

  • Kleber Oliveira

    Pena mesmo é perceber agora que esses filmes não irão passar nos cinemas daqui.

  • Angel

    Exatamente a luta teve as proporções certas de violência, e foi bem agressiva. Mas não adianta argumentar com fã boys ensandecidos .

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Ainda bem que você mudou seu conceito em relação ao filme, seu safadjinho. Guerra Civil é um filmaço!!!
    Sobre a motivação do Capitão América, ele não quis assinar por que ele não confia em instituições governamentais, meu amigo. Ele já se decepcionou com a traição da Shield no primeiro filme dos Vingadores, quando Fury decidiu fazer armas de destruição em massa, e em O Soldado Invernal, quando a Shield tinha sido infiltrada pela Hidra. É que para entender isso melhor, é preciso analisar os filmes anteriores.
    Pensa no que eu disse e veja se agora faz mais sentido o posicionamento do Steve Rogers.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    A história do filme é muito superior ao da hq, que é superestimada pra cacete.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Aniquilação?
    Estou ansioso por esse post. Aniquilação é, na minha opinião, a melhor saga da Marvel.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sério? Eu adoro aquela cena.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    É uma das melhores sequências de ação da história do cinema, na minha opinião. Você faz ideia do trabalho que deu elaborar aquilo?

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sério que você achou ridículo? Acho que deve ser por que eles não estavam se enfrentando genuinamente, não é? Isso tem explicação. O único que estava com raiva ali era o Pantera Negra, por isso ele lutava pra matar, diferente dos outros que só queriam neutralizar seus “amigos”.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Também não entendi essa.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    O Vício.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Renda-se à Marvel, seu dcneco sem vergonha…kkkkkkkk

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Ótima análise, Kleber. Acredito que se trate disso que você falou mesmo.

  • Chibs

    Ah sim,levando em consideração tudo o que ele passou,as motivações dele se tornam realmente mais críveis,mas acho que isso poderia ter sido mencionado no filme,que nem foi com o Stark.

  • Chibs

    Nem dá pra imaginar

  • Chibs

    Vai entender o que passa na mente desse DCneco

  • Angel

    Aham, não sei quando sair. Estou lendo ainda, mas ja estou com um rascunho. Como será um post grande então pode ser que demore.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Beleza. E desculpe pelo meu destemperamento de ontem.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Sim, poderiam mesmo. Mas é que a Marvel é um universo integrado. Ela não trata um filme evento, como Guerra Civil, como uma obra fechada em si mesma. Por exemplo, Vinga dores, que é outro filme evento, tinha elementos de O Primeiro Vingador e de Thor, mas nem por isso eles perderam tempo explicando. Eles subentendem que você assistiu aos outros filmes. Kevin Feige já deu uma entrevista dizendo que os filmes da Marvel não terão mais recordatórios nos roteiros de seus filmes.

  • The Doctor

    Eu não li ainda, pois estou fazendo minha própria resenha, mas é um filme bom.
    Divertido, porém tem suas falhas.

  • marcilio

    em questao de escala foi bem menor que a HQ , mas eu diria que a historia do filme se desenvolveu mais profundamente do que a HQ

  • nemo

    Estou disponivel, se precisar. Tanto para postar noticias, como pra fazer revisão ortográfica. Atualizar redes sociais e coisas do tipo.

  • Sim, desculpe o sumiço! É porque tá complicado aqui mesmo! kkkkkkkkkk
    Caramba… Sério? Eu estou pra ler Aniquilação há um tempo, já. Vou ver se termino antes da sua resenha!

  • O embate entre o Tony e o Steve é foda demais! Emocionante, de verdade!

  • Eu não gosto muito da execução. Poucas pessoas lutando em um aeroporto…
    Tudo bem que eles são amigos, e não querem machucar uns aos outros, mas várias coisas me incomodaram (principalmente o excesso de piadas). Mas tudo bem… Eu gosto da cena da Martha, então não posso falar muita coisa.

  • Pedro, seu marveco safado, falando “mal” logo de um dos clássicos da Marvel?
    QUEM É VOCÊ? E O QUE FEZ COM O PEDRO???

  • Sério :/
    Mas, bem, eu gosto da cena da Martha… Não tenho muito senso crítico… kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Sim, justamente por eles não estarem se enfrentando genuinamente. Eu sei que eles são amigos, e que ali existe apenas uma diferença intelectual, e não uma real rivalidade, mas mesmo assim me incomoda.
    Os efeitos do Aranha (porra, Pedro, você sabe o tanto que eu amo o Cabeça de Teia; não falaria mal gratuitamente) me incomodaram MUITO também. Achei o CGI meio tosco em alguns momentos.
    Sem falar na parte do Visão ficar de espectador, e só aparecer no final.

    A cena da luta entre Bucky e Tony, sim! Essa foi uma obra de arte!
    Dá de mil a zero na briga do Batman e do Superman. Carga emocional real ali. Dois amigos, se enfrentando, chegando ao pico antagônico. Cara, essa cena é linda demais!

  • Eu nunca me unirei a vocês!

    http://i.stack.imgur.com/nqsvJ.gif

  • Obrigado…

  • Angel

    Sério sim rsrs Só que irei me focar apenas nas 6 edições centrais da trama, as revistas paralelas só falarei por alto.

  • Angel

    Hmm legal então , depois me mande uma mensagem nesse email : geekinaction.project@gmail.com
    daí conversaremos melhor.

  • Que demais @disqus_mAqvkF2vMw:disqus!
    Esse filme com certeza é um marco nerd e não podia se deixar sem uma análise realmente. Eu amei todas as autoreferências, alguns personagens talvez não foram totalmente explorados, mas tiveram seus espaço com certeza.
    Spider teve brilho e encantou a nação, merece sucesso no sei filme a frente com certeza.

    Creio que seja o melhor filme MARVEL até o momento, mas espero ser surpreendida com GotG, vol.2.

    Ótima crítica, bem escrita e bem coerente! 😉

  • Chibs

    Então tá né

  • N1N6U3M

    “…(…)…Mas ainda sim é um dos melhores blockbusters da Marvel , e que deixou muitos dos seus fãs e a grande massa bastante satisfeitos…(…)…”

    Guerra Civil é o melhor blockbuster da Marvel na minha opinião. Ele é uma história dos Vingadores transposta para o cinema, não a Graphic Novel Guerra Civil, mas uma boa história do super grupo.

    Parabéns pela crítica, Angel. Você detalhou todos os pontos importantes, principalmente evidenciando essa “problemática” do título da produção e da sua fidelidade parcial ao material original.

    Vamos ser coerentes, todos os filmes de super heróis não tem fidelidade total aos quadrinhos, nem Sin City e nem Watchmen conseguiram tal proeza como pode ser evidenciado em diversos trabalhos acadêmicos e resenhas de especialistas. Então devemos abandonar essa ideia equivocada.

    Tendo abandonado a ficção (de que fidelidade completa é algo possível ou desejável) fica mais fácil de entender que Guerra Civil não tem nenhum problema real de fidelidade aos quadrinhos. O título do filme é baseado mais em Marketing do que em qualquer outra coisa, fazer chamariz para a ampla gama de leitores que realmente se deixam levar pelos títulos ou pela promessa de adaptações ipsis leteris, o mesmo ocorre no título “Ragnarok” no Thor 3.

    O filme do Thor 3 é um forte candidato a ser um dos melhores filmes do Marvel Studios e assim como Guardiões 2 não deve abordar uma adaptação perfeita de alguma Graphic Novel. O que conta é o espírito da HQ regular, quanto mais essa aura e essa atmosfera estiver presente, melhor e mais representativo será o filme. Já conversei isso em vários posts com o Rodrigo e algumas vezes com o Jipeiro, da importância de valorizar as HQ’s regulares no lugar de endeusar Graphic Novels na hora de produzir um filme de super herói.

  • N1N6U3M

    “O maior acerto de Capitão América: Guerra Civil é a redução de escala. Sim, é isso o que acontece neste filme. Apesar da profusão de heróis e da trama política, a Guerra Civil é um filme sobre os personagens. Até mesmo o vilão do filme tem uma motivação crível, que nos faz, de certa maneira, simpatizar com ele.”

    Perfeito, penso como você.

  • N1N6U3M

    Exatamente. Esse é o significado da adaptação cinematográfica, saber de suas próprias limitações.

    Essa onda de colocar no título dos filmes menções a sagas famosas é mais marketing do que qualquer outra coisa. O que importa mesmo é se o conteúdo do filme tem o espírito das HQ’s regulares.

  • Kleber Oliveira
  • Kaecilius, O Fanático

    Excelente crítica Angel! Guerra Civil é para mim o melhor filme do UCM, vi três vezes no cinema e, se possível, veria ainda mais!

  • Angel

    Obrigado amigo. Eu assisti duas vezes kkkk

  • Angel

    Obrigado voce pela sua presença, adoro seus comentarios. E concordo com o que citou:”Nenhum filme de super herói tem fidelidade total aos quadrinhos, nem Sin City e nem Watchmen conseguiram tal proeza como pode ser evidenciado em diversos trabalhos acadêmicos e resenhas de especialistas.”
    Guerra Civil foi bem mais complicado por se tratar de em evento e soube ser fiel. Watchmen foi bom, mas pecou mais ainda por ser uma historia fechada e perdeu a essencial, ele é visualmente fiel em diversos quadros.

  • Angel

    Hm depois me mande sua resenha para eu conferir

  • Angel

    Muito obrigado@wondernani:disqus tava com saudades dos seus comentários. Também espero ser surpreendido com Guardiões da Galaxia vol.2, farei a critica com spoiler dele.

  • Angel

    Depois confira por favor meu post sobre a série Nikita : @wondernani:disqus
    http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/19/critica-nikita-a-serie-completa/

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Você falou tudo aquilo que eu penso sobre adaptações, meu amigo. Elas não são transcrições, são apenas adaptações, sem compromisso com fidelidade ao material original.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    É, até o momento, o melhor filme da Marvel mesmo, Nani.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    E eu, como você.

  • marcilio

    Concordo , a pena e que os titulos criam muitas expectativas com os fas , ai se o conteudo nao for EXATEMANTE igual a da HQ , e considerado um filme ruim .

    Acho que a questao e ter uma visao mais ampla do filme , esperar como vao adapta-la e o que realmente usaram da original no filme , seja uma cena , conceito , ou base da historiaa original

  • Aragorn II, son of Arathorn

    O filme não me pegou. Sei lá… eu reconheço que é EXCELENTE, mas não conseguiu chamar tanto minha atenção quanto Soldado Invernal e outros filmes do MCU.
    Umas poucas coisinhas me incomodaram. Uma ou duas piadas – não que eu costume reclamar delas -, alguns momentos, etc. Os efeitos do Aranha me incomodaram também. Mas acho que é porque eu NÃO CONSIGO me acostumar com esse uniforme mais claro e com as ”teias” em baixo relevo. Nem quando tiram fotos do Holland usando ele eu sinto que ele é palpável. Mas no filme, tanto a roupa quanto a movimentação do Teioso me incomodaram um pouco.
    Mas esse filme tem o que, para mim, é A MELHOR cena do MCU – a luta entre Bucky, Capitão e Tony! Dramaticidade INCRÍVEL! Gosto igualmente desta e da luta entre Batman e Superman.

    Ótima crítica, Angel!

  • Angel

    Obrigado amigo@aragorniisonofarathorn:disqus , eu gostei bastante do filme. Mas para mim Soldado Invernal e Guardiões da Galáxia vol. 1 são melhores.

  • The Doctor

    Na verdade, eu estou fazendo para o meu próprio canal.

  • Angel

    Legal então.depois mostre a gente entao

  • Angel

    Confira a minha critica amigo@DisqusGuilherme:disqus da série Legion : )
    http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/22/critica-legion-1a-temporada/

  • Angel

    quando puder confira a minha critica de Legion amiga@wondernani:disqus
    http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/22/critica-legion-1a-temporada/

  • Pantera Negra

    Angel, o pior é que eu nem vi Legion ainda, acredita? E nem Iron Fist. Tô devendo nessas duas. Mas vou ler sim!

  • Angel

    eita kkkk Legion vale a pena, agora iron First nem tanto muito fraca no quesito técnico.

  • Angel

    oi meu amigo, quando assistir Guardiões vol. 2 passe depois na minha critica com spoilers. : )
    http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/28/critica-guardioes-da-galaxia-vol-2-com-spoilers/

  • Angel

    @Wonder Nani quando puder passa na minha critica de Guardioes da Galaxia vol.2
    http://geeksinaction.com.br/index.php/2017/04/28/critica-guardioes-da-galaxia-vol-2-com-spoilers/
    Abraços

  • H Romeu Pynto

    Excelente crítica. Este filme é excelente, só vai ser superado por Guerra Infinita.

  • genio playboy e muskerana

    O principal problema do filme é o 2 ato,alias, a marvel tem errado muito nos 2 atos atualmente, GdG v2, DS… ele se destoa muito do restante do filme

  • Angel

    concordo, por isso minha luta preferida é do Tony vs Steve e Bucky.

  • Angel

    obrigado amigo.

  • genio playboy e muskerana

    A minha também, minha segunda cena favorita do UCM

  • genio playboy e muskerana

    Caso esteja com curiosidade a minha favorita é o Star Lord partindo pra cima do ego ao som de the chain.

  • Angel

    A minha já é da Gamora vs Nebulosa, melhor confronto familiar. Parta pra cima antes de conversar hahahaha
    Essa cena é ótima pelas cores, angulo e ”brutalidade”