Análise | Primeiras Impressões de Marvel’s Spider-Man

Após o cancelamento de Ultimate Homem-Aranha neste ano de 2017, uma nova série foi anunciada para preencher o seu lugar, intitulada apenas de “Marvel’s Spider-Man”. Inspirada na versão do Homem-Aranha no Universo Cinematográfico da Marvel e prometendo trazer uma vasta gama de personagens das histórias do Cabeça-de-Teia, a animação vem dividindo as opiniões do público a cada novo material divulgado, com alguns otimistas e outros, nem tanto.

Recentemente, o canal no YouTube do Disney XD postou uma série de seis curta-metragens com aproximadamente 4 minutos cada, contando a história de origem dessa nova versão do aracnídeo. O canal não está disponível para a nossa região, mas você pode conferir os vídeos seguindo este link: https://www.youtube.com/watch?v=ChDGYRBR8GI. Hoje, pretendo fazer uma breve análise do que foi mostrado nos curtas e dar a minha opinião sobre essa proposta diferente para o consagrado herói.

A origem do Homem-Aranha ainda é a mesma de sempre: o jovem Peter Parker é picado por uma aranha geneticamente modificada em uma excursão do colégio, desenvolve poderes de aracnídeo, e inicialmente tenta obter algum ganho próprio com isso. No entanto, com a morte de seu Tio Ben pelas mãos de um criminoso que ele não impediu por arrogância, Peter decide usar suas novas habilidades com responsabilidade, em prol de um bem maior.

Podemos notar elementos de diversas versões dessa história: a clássica de Stan Lee, obviamente; a Ultimate, com a aranha modificada sendo criada nas empresas de Norman Osborn – que é apenas citado nesses curtas – e até dos filmes, com Peter lutando no ringue contra um certo Bonesaw McGraw (sim, o “Serra-Osso” do primeiro filme de Sam Raimi). Também aparecem Harry Osborn, Liz Allen, Spencer Smythe, Tia May (por voz), Tio Ben e até mesmo Stan Lee, na forma de um cinegrafista, e dublado pelo próprio. Ocorrem até referências ao Aranha-Escarlate e aos Vingadores.

Sobre o roteiro em si, confesso que esperava algo bobinho, sem muita profundidade, mas me surpreendi de forma positiva. A história é bem contada, tem um ritmo bacana e não ofende o material original. Há até alguns momentos pesados mais para o final (claro, tão pesados quanto uma série infantil se permite ser). Os curtas são focados principalmente no Peter, que é aqui retratado como um gênio-mirim super empolgado. De cada cinco palavras que ele diz, seis são piadinhas ou referências. E ele não para nunca de falar – mesmo em pensamento. Eu pessoalmente prefiro o Peter como um nerd tímido e calado, apenas ficando mais extrovertido quando faz uso de seu alter ego, mas dá para aceitar também essa nova versão.

Um fato interessante é que cada curta-metragem após a picada da aranha no primeiro tem como título uma etapa do método científico (observação, hipótese, interpretação, experimentação e conclusão), que representam a gradação do entendimento de Peter sobre a picada e o que ela causou em seu corpo. Isso me lembrou muito “O Espetacular Homem-Aranha”, aquela ótima série animada cancelada precocemente, em que cada episódio era intitulado com base em algum conceito de biologia, economia, psicologia, etc.

Quanto à técnica de animação, há pontos positivos e negativos. Por um lado, é possível notar que ela é fluida, funciona satisfatoriamente nas cenas de ação, e os personagens são bem desenhados. Por outro, os cenários são pobres, os golpes têm pouco impacto, e a falta de sombreamento incomoda. Ultimate Homem-Aranha mostrou-se superior nesse aspecto. Talvez a Disney não tenha liberado tanta grana para o projeto – alguns trechos já divulgados inclusive mostram uso de CGI em cel-shading em veículos e personagens, para cortar custos.

O design de personagens é outro fator que pesa contra a série. Pessoalmente não curti muito o estilo do Peter-Ben 10-Dipper Pines. Podiam ter se baseado na aparência do próprio Tom Holland, já que a série a princípio irá se passar dentro do MCU. Já o uniforme do Aranha está ótimo, tanto o caseiro como o oficial que ele adquire posteriormente. Harry também está muito diferente do habitual, sem o corte de cabelo bizarro que é marca registrada de sua família. Os demais personagens não aparentam estar muito discrepantes.

Em suma, pelo que foi mostrado nos curtas, é uma série com potencial pela narrativa, mas podia ter se saído melhor no quesito técnico. A origem contada está boa, condizente com o original dos quadrinhos e dos filmes, e é uma excelente introdução para os jovens que estão conhecendo o Homem-Aranha agora com os filmes e ainda não sabem muito sobre o personagem. O começo é promissor, vamos ver se o restante da animação irá corresponder com isso.

A série estreia nos EUA em 19 de agosto de 2017 no Disney XD. Ainda não há data confirmada para estrear aqui no Brasil.

E quanto a vocês, o que acharam da análise? E dos curtas? Seu conceito sobre a animação melhorou como o meu ou ainda acham uma tosqueira? Compartilhe suas opiniões com a gente no espaço abaixo. Obrigado pela atenção!

 

  • Herbie: De Volta ao Lar

    Ótima análise. A história parece ser muito boa e está indo no caminho certo,mas o desenho e a técnica de animação precisam melhorar um pouco,isso pelo que eu vi em todos os curtas.
    Provavelmente será melhor que USP.

  • ótima analise Bruno. Eu ja tinha estranhado este carácter design, como estou acostumada com animes. Dificilmente assisto animação norte americana é muito inferior. E sou de outra geração a animação clássica dos anos 90 continua a melhor pra mim kkkkkkk

  • Nate grey

    Ótima analise. Essas animações atuais de heróis estão cada vez piores na minha opinião.

  • Obrigado, Stella!! o/
    Realmente, se comparar com a animação japonesa, os desenhos americanos ficam no chinelo Kkkkkkk. Se tivesse um anime baseado em Homem-Aranha, eu assistiria fácil. Ultimate Homem-Aranha mesmo tinha uma certa aura de “anime”, aliás.

  • Valeu, Nate!
    Concordo com você, não se fazem mais desenhos de super-heróis como antigamente.Tanto a Marvel como a DC estão pecando nesse aspecto ultimamente.

  • Obrigado, Herbie! o/
    Acho que eles devem ter recebido um orçamento reduzido para fazer a animação, ou optaram por traços simplificados mesmo. Também acredito que ela se sairá melhor que o Ultimate. O último curta mostrou que eles querem trabalhar também o lado negativo de ser herói – a perda, o sofrimento, a frustração – e não só o lado divertido. Espero que esse espírito se mantenha.

  • RiptorBR

    hum….está melhorzinho do que eu estava esperando, veremos se vai continuar assim….
    boa analise colega 😉

  • Valeu, Riptor! ^^
    Sim, deu uma boa melhorada com relação aos primeiros trechos divulgados – principalmente aquele com o Escorpião – mas a técnica de animação continua fraca. Dá para se acostumar, mas poderia ser bem superior, comparando o que foi feito nas séries anteriores.

  • RiptorBR

    sim. Espetacular & Ultimate tinham técnica de animação bem melhores, mais dá pra engolir…
    https://uploads.disquscdn.com/images/49049ba7e30e77bc40de915ede28b834ef8b07b0c2fddd83c32a2f19a8971c15.gif

  • Pois é. Não sei se foi por opção de estilo ou dinheiro curto, mas é o que temos, né? Huehue. https://media.giphy.com/media/3qsKpVDaxUvSw/giphy.gif

  • RiptorBR
  • ótima analise amigo. Eu pensei que seria mais inspirado no MCU, mas pelo visto pegou pouca coisa então. Uma pena que o Espetacular tenha sido cancelado gostava deste, ultimate também era legal

  • Max

    Não tendo quebra da quarta parede a cada 5 minutos nem um novo núcleo de personagens que tem mais destaque que os personagens tradicionais do Aranha já ganha pontos comigo. E se não tiver crossover com Jesse já ganha mais de 8 mil pontos.

  • Obrigado, Angel! o/
    Pois é, acredito que essa série vai ter pouca coisa a ver com o MCU mesmo, talvez uma ou outra referência. Até o Abutre que divulgaram é bem diferente do filme. O Espetacular era muito bom, e o Ultimate tinha lá seus momentos, mas eu achei que descaracterizou demais o personagem e seu universo.

  • Concordo plenamente, Max. O Homem-Aranha parece mais o Deadpool nessa série, sem levar a sério nada que acontecia à sua volta. Quando eu vi na Netflix que tinha um episódio crossover com “Jessie”, resolvi pular na hora kkkkkk. Pelo menos, Ultimate se superava no quesito técnico.

  • RiptorBR
  • Acho que a Sally não vai gostar nada disso… kkkkk

  • RiptorBR

    vc acha? eu tenho certeza kkk

  • Kkkkkk quem diria que o Sonic já é um homem de família… pelo menos, nas HQs. Bem que eu shippava os dois no desenho.

  • RiptorBR

    quem diria ehh….

  • Max

    Aquele episódio é totalmente descartável kkk

    Eu admito que o desenho tem alguns bons momentos, principalmente nos finais de temporadas, mas no geral é muito fraco. O melhor episódio pra mim é o 11° da 3° temporada, curiosamente é o único em que a ‘esquizofrenia’ do personagem faz algum sentido e é bem usada, diga-se.

  • Hum… não lembro desse episódio. Qual seria?
    Os episódios que são mais voltados para o humor funcionam muito bem. Aquele em que o Aranha troca de corpo com o Wolverine é impagável, sempre dou risada quando assisto.

  • Max

    Pesadelo no Natal. É o 11° da 3° temporada, depois dá uma conferida 🙂

  • Verdade, ele ficou mais parecido com a persona do Deadpool. Por isso a animação clássica dos anos 90 é insuperável.

  • Vini

    Concordo com a análise.
    Não curto muito o Peter sendo todo extrovertido como a série retrata, em primeiro momento, ele estava até irritante mas fui positivamente surpreendido quando teve o curta com o assassino do Tio Ben. Não gostei muito da animação, a falta de sombras me incomoda um pouco mas creio que isso seja devido a pouca verba. (Os olhos verdes também me lembram bastante de Ben 10)
    Sinceramente espero que seja melhor que Ultimate Spider-Man, que até teve seus momentos mas não conseguiu chegar perto de Spectacular Spider-Man.

  • Ah, sim! É aquele no qual o Pesadelo prende o Aranha em uma realidade alternativa, bem na véspera de Natal. Já tinha assistido, é bem legal mesmo. Inclusive, esse episódio tem uma homenagem fantástica às HQs clássicas do Teioso.

  • Nossa, esse desenho era muito bom… foi meu primeiro contato com o Homem-Aranha quando era pequeno. Não sei se assistindo hoje ele continua tão legal, mas ainda é muito nostálgico.

  • É verdade, o Peter aqui consegue ser bem irritante mesmo em alguns momentos, mas com o tempo, dá para simpatizar com ele. Acho que é porque o fizeram como um nerd mais humilde, e não tão metido a besta como era no Ultimate. O que mais incomoda mesmo é a má qualidade da animação, mas espero que os roteiros compensem por isso. Por esses curtas, a história parece se levar mais a sério que Ultimate, mas também não acho que vai superar Espetacular.
    Valeu pela participação, Vini 😉

  • Vini

    Acho que ele vai se acalmar depois do lance com o tio Ben, mas ele tava bem irritante no curta da Oscorp.
    Não tenho muita base pra isso, mas acho que Ultimate Spider-Man perdeu muito da sua audiência nos últimos anos e, por causa disso, a Disney tá com medo de liberar muita verba e quebrar a cara. Acho que a história vai se levar mais a sério, sem quebrar a quarta parede nem nada.

  • Barry Allen

    fans de Sonic aqui quem diria

  • RiptorBR

    fans de longa data.

  • Com certeza!! ^^

  • Sim, também tive essa impressão. Apesar da queda crescente em qualidade no decorrer dos episódios, o Ultimate foi uma das séries mais longevas do Homem-Aranha, com 4 temporadas. Espero que essa nova faça o mesmo sucesso, mas que seja superior na história.

  • Vini

    É até estranho pensar em quão longe a série chegou. Espero que a nova consiga chegar até onde Ultimate chegou mas adaptando melhor os arcos dos quadrinhos.

  • Pois é, creio que Ultimate se sustentou por tanto tempo graças às vendas de brinquedos e produtos relacionados. Seria legal se eles adaptassem algumas sagas clássicas.

  • Vini

    Cheguei a ver alguns dos designs novos da série e estou um pouco preocupado com o rumo que eles vão tomar, parece que o Rino vai ser um humano transformado, que nem no Ultimate.
    Só espero que não façam dele e do Homem Areia o mesmo que fizeram no desenho Ultimate Spider-Man…

  • Pois é, eu tinha visto esses dias. O Rino parece um mutante de novo, o Abutre está com um traje bem escroto também (por que não aproveitar a versão do filme?? Affss) e o Homem-Areia apareceu num comercial, mas não estava em forma humana. Uma pena que não quiseram aproveitar essa arte conceitual, os designs estavam perfeitos: https://static3.comicvine.com/uploads/original/4/46646/5813593-6718589659-15403.jpg

  • Vini

    Só rezo para que a história seja boa o suficiente pra justificar essas mudanças… Essa arte conceitual ficou muito boa, também.
    Acho que não usaram o design do Abutre porque talvez os bonecos do filme acabem dando lucro pra Sony então eles não querem que as crianças comprem o do filme achando que é da série e vice versa? Não sei ao certo.

  • Hum… bem pensado, deve ser isso mesmo. Por que vender apenas um boneco do Abutre quando você pode vender dois diferentes? Kkkkkkk.

  • Vini

    Lembro que fui numa loja de brinquedos a pouco tempo e tinha uns 3 Abutres diferentes: um do filme, um do Ultimate e um dos quadrinhos mesmo.

  • Nossa, aquele Abutre do Ultimate é uma ofensa… não pegava nem de graça kkkkkk.
    E, para nossa “alegria”, foi confirmado: Rhino será mesmo um rinoceronte humanoide ;-;

  • Vini

    Nossa nem me fala, odiei o que fizeram com personagem. Ebaa ; – ;
    (Desculpa pela demora pra responder, o disqus fica me deslogando toda hora).

  • Pois é. Pegaram a mesma pilha errada do Ultimate, infelizmente. Esperamos que os demais vilões estejam mais fiéis ao original.
    Imagina, sem problemas. Eu também demoro para responder às vezes rsrs.