Lista | Top 5 RPGs Indies Pouco Conhecidos

RPG é um estilo de jogo prolífico em grandes histórias, a exemplo de Final Fantasy, Chrono Trigger, Dragon Quest, Undertale e a lista segue. Alguns passam a ser bem famosos entre a comunidade gamer e se tornam clássicos, enquanto outros acabam não ficando tão conhecidos. É desse último grupo que pretendo falar: vamos listar 05 RPGs independentes, em nenhuma ordem particular, que vale a pena jogar. Obras criadas muitas vezes por uma única pessoa com muita inspiração e dedicação – e geralmente usando a ferramenta RPG Maker – e que, na minha opinião, merecem mais reconhecimento. Aliás, a maioria deles está disponível gratuitamente para download na Internet, inclusive com versões em português feitas por fãs.

1 – To the Moon (2011): talvez o exemplo mais conhecido desta lista, idealizado por Kan “Reives” Gao e por Justin Johnson, é um RPG que dispensa batalhas, sendo totalmente focado na narrativa, que é surpreendente e tocante, e na investigação dos cenários. Na trama, você acompanha a história dos cientistas Dra. Eva e Dr. Neil, cujo trabalho é realizar os sonhos de pessoas que estão à beira da morte, através de um aparelho que lhes permite modificar as memórias dessas pessoas, e seu mais novo cliente tem um inusitado desejo: ir até a Lua.

2 – Off (2008): um RPG surreal e um tanto perturbador criado pelo francês Mortis Ghost. Aqui, você assume o controle de Batter, um sujeito vestido como jogador de beisebol com um taco cuja missão é “purificar” o mundo em que se encontra, assolado por fantasmas e criaturas estranhas. Além da história enigmática, aberta a muitas interpretações diferentes, e de um sistema de batalha simples e intuitivo, Off se destaca pela impactante trilha sonora composta por Alias Conrad Coldwood, que dita o tom sombrio do enredo.

3 – OneShot (2016): produzido pelas mentes de Eliza Velasquez e Nightmargin, OneShot é um RPG com foco na história e resolução de puzzles. Na pele do protagonista Niko, que está em um lugar estranho e longe de casa, caberá a você encontrar o caminho de volta, mas com um detalhe: você só tem uma chance (daí o nome “OneShot”). É o tipo de jogo que, quanto menos se souber sobre ele, melhor será a experiência. Apesar de um tanto curto, é bem divertido e a história prende a atenção até o final.

4 – Pom Pega Wi-Fi (2014): criado por Mepatra, este é o mais bem-humorado e irreverente dos jogos citados, até por contar uma história totalmente sem-noção com cachorrinhos falantes. Aqui, Pom, uma cadela da raça Spitz Alemão, e Shibe, da raça Shiba (duh), acabam morrendo em um acidente doméstico e indo parar no céu dos cães – onde Pom desesperadamente tenta encontrar sinal de Wi-Fi para conectar seu notebook. Ou seja, é um jogo para não se levar a sério, mas apenas se divertir com as piadas e referências que são apresentadas, além de ter uma história bonitinha.

5 – Ib (2012): com um design criativo e um enredo intrigante, esta obra de autoria do artista japonês Kouri conta a história de Ib, uma menina que visitava uma galeria de arte junto de seus pais quando foi repentinamente sugada para dentro de uma das pinturas, e agora precisa encontrar uma forma de escapar. Com um tom macabro e misterioso, é um jogo baseado em puzzles e investigação, em que você deve guiar Ib para escapar dos perigos que a cercam, e o menor descuido pode significar a morte. Recomendado para quem quiser levar uns sustinhos de leve.

Menção Honrosa para o jogo Heartbound, desenvolvido pela empresa independente Pirate Software, e que ainda está em produção, com data de lançamento programada para 27 de dezembro deste ano. Só pela demonstração já me impressionou bastante, especialmente pelo ótimo trabalho com os gráficos em 2-D. No jogo, o garoto Lore se envolve em uma jornada mística e cheia de perigos para encontrar seu querido cachorro Baron. Além da animação, chama também a atenção o sistema de batalha, que é quase um quebra-cabeça.

E vocês, já tinham jogado algum dos RPGs da lista? Pretendem se aventurar em algum deles? Compartilhe com a gente suas opiniões no espaço abaixo e, se tiver alguma sugestão para um futuro post aqui no site, não deixe de comentar. Obrigado pela atenção!

  • Ótima lista. Gostei da proposta, bem diferente, nunca joguei um jogo de RPG. Não sei se é falta de tempo, ou preguiça hahaha

  • Obrigado, Angel!! RPG é um gênero de jogo que eu gosto bastante, mas ele demanda um certo tempo e envolvimento do jogador. O bom desses jogos que citei é que eles são curtos comparados aos RPGs mais famosos, dá para zerar em duas ou três horas, mais ou menos rss. Então, é um bom ponto de partida!

  • Vou deixar todos eles na minha lista de desejo.
    To The Moon é lindo. Se você curtiu recomendo o “Always Sometimes Monsters”, é um ótimo jogo.

    E Heartbound é o remake do Earthbound que teve que mudar de nome ? Aliás nem sabia que tava assim já esse jogo, obrigado por falar dele e lembrar.

  • hm o problema é que não tenho essas duas horas rsrs esse tempo uso pra fazer posts no geral hahaha

  • Realmente, Vítor, To the Moon é fantástico, me surpreendeu bastante. Foi com ele que passei a ver os jogos em RPG Maker com outros olhos rss. Esse que você citou eu não conhecia, vou dar uma conferida.
    Agora você me pegou, Heartbound pega bastante inspiração em Earthbound (inclusive no nome), mas não sei se a intenção inicial era fazer um remake ou algo assim. A história segue um rumo bem diferente, pelo que dá para notar na demo.
    Eu é que agradeço a atenção de comentar, valeu!

  • Kkkkk eu compreendo. Assim que tiver um tempo livre, recomendo testar algum deles, valem a pena.

  • Vini

    Boa lista. Acho que só não conhecia o OneShot e o Heartbound entre esses mas o resto eu joguei/vi gameplays e achei bem legais, adoro a trilha sonora de Ib.
    Estou bem curioso sobre esse último, acho que vou checar depois!

  • Valeu, Vini!! Pelo jeito, você também curte uns RPGs mais obscuros… hehe. Os sons em Ib são mesmo bem trabalhados.
    Aqui tem o site para você testar a demo gratuita do Heartbound: http://gopiratesoftware.com/games/Heartbound/Download/. Não vejo a hora que saia o jogo completo :3

  • RiptorBR

    Bela lista. Desses só tinha jogado o OneShot.

  • kamalla

    ótima lista Bruno. Nem lembro a ultima vez que joguei RPG, ultimamento so jogo Zula e LOL.

  • RiptorBR

    Bela lista. Desses só tinha jogado o OneShot.

  • Herbie: The Love Bug

    Ótima lista,Bruno. Nunca joguei um RPG, talvez por falta de interesse kkkkkk Mas quem sabe um dia…
    Desculpe mendigar, mas eu fiz a crítica de dois filmes do Herbie (e acho que você conhece um deles, que é aquele com o Bruce Campbell e o Horácio). Quando tiver tempo,poderia passar lá?

  • Vini

    Eu tinha ouvido bastante deles na época em que foram lançados e decidi checar quando podia ^^;
    Obrigado!! Ando um bastante ocupado por causa da faculdade e não tenho tido muito tempo, mas devo checar em breve!

  • Claro, eu compreendo. Inclusive, sei bem como é isso rsrs. Disponha!

  • Obrigado, Kamalla! Eu sempre jogo um ou outro, mas atualmente estou mais focado nos jogos de terror.

  • Valeu, Herbie! Cara, você que gosta de criar histórias, certamente vai curtir algum jogo no estilo RPG. Um que eu acho ótimo para iniciantes é o Chrono Trigger.
    Claro, vou dar uma olhada e deixar meu comentário.

  • Valeu, mano Riptor! Esse é um dos meus preferidos da lista. Qual foi a sua escolha no final dele? Kkkkk

  • RiptorBR

    De nada.
    Return the Sun.

  • A mesma que a minha! Somos dois altruístas kkkkk

  • RiptorBR

    Ohh se somos kkk

  • Herbie: The Love Bug

    Quem sabe um dia rs
    Valeu.