Análise | O Superman de Alan Moore

Alan Moore é um dos melhores autores que já escreveram quadrinhos, e aqui eu faço minha análise da versão dele do Superman, e como ele sabe usar as identidades dele. A primeira história em quadrinhos do Superman que eu li foi aos 11 anos, quando eu ainda estava começando a ler quadrinhos, para começar, nada melhor que o Mago dos Quadrinhos, que ironicamente não gosta de super-heróis, e mesmo assim é um dos grandes responsáveis pela sua popularidade .
Thumbnail

 

“Superman – Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã?”, “Superman & Monstro do Pântano – A Linha da Selva” e por fim o encadernado tinha “Para o Homem Que Já tem Tudo”, histórias que humanizam o Superman, sem nunca esquecer oque ele é, ou deixar o lado fantástico de lado .

(aqui vão alguns spoilers de Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã?)

Como eu disse, o Superman é feito de 3 personagens, do próprio Superman, de Clark Kent, e de seu maior rival e oposto, Lex Luthor . E em Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã? esses 3 são extremamente valorizados . Apesar da identidade do Clark Kent ser revelada, e o Superman simplesmente se livrar de tudo, porque se tornou-se inútil, o Clark Kent é mais do que um disfarce(embora seja oque parece a primeira vista), e maior prova disso é Jordan Elliot .

Thumbnail

Ao fim do quadrinho fica implícito que Jordan Elliot é o Superman, agora sem poderes devido ao contato com a kryptonita dourada, e em um certo trecho ele fala como o Superman era cheio de si, e como ele e os trabalhadores como ele eram os verdadeiros heróis . A primeira vista soa presunçoso, mas se visto nas entre linhas é o Superman dizendo como a humanidade tem mais valor que ele próprio .

O Superman verdadeiramente precisa de Clark Kent, mas do que um disfarce, mas a realização do desejo dele de ser humano, e a maior prova disso dentro de Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã? está em Jordan Elliot, a prova que no fim, Clark Kent é tão importante quanto o Superman .

Agora sem spoilers

– “Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã?” valoriza o Superman e admite o quão absurdo o personagem é, não tenta ser realista em ponto algum(que o maior erro na hora de se tratar do Superman), e valoriza as relações humanas usando seres fantásticos, então se não o trecho do texto por conta de spoilers, deixo aqui minha recomendação para ir atrás desse quadrinho .

Thumbnail

Agora se “Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã?” é sobre o quão importante é ser o Clark Kent(ou apenas ser um humano) para o Superman, “Superman & Monstro do Pântano – A Linha da Selva” é sobre o quão importante pra ele é ser o Superman .

É praticamente impossível falar qualquer sinopse básica dessa história sem contar o final(e mesmo que não conte, fica claro) mas nesse caso eu vou relevar o evento que precedeu o clímax da história, e falar oque aconteceu de forma vaga para não atrapalhar o seu divertimento .

O Superman perde os poderes, sai numa roadtrip de alto descoberta, e no fim recupera os poderes graças ao Monstro do Pântano, e eu não darei mais detalhes do que isso . O Superman passa a história se questionando, um dos pontos é que ele aprendeu a se ver como Kal-El, e Superman e Clark Kent não se criações dele, mas ele precisa delas, a história explora mais ele precisar do Superman, mas Alan Moore já havia explorado a necessidade de ser Clark Kent na história anterior .

Como eu já disse no final ele obviamente recupera os poderes e se recompõe, volta a ser o Superman, porque no fim o Superman é necessário, necessário para a humanidade, e necessário para ele, porque no fim, a destruição de Krypton o marca, e ser o Superman é oque o mantém feliz .

Thumbnail

“Para o Homem que Já Tem Tudo”, embora o Superman seja feito dele próprio, de Clark Kent, e do seu inimigo, Lex Luthor, existe uma parte dele que existe ou não existe dependendo do autor, ou da interpretação, me refiro a Kal-El de Krypton, e digo que sua existência depende da interpretação, porque as vezes Clark Kent se torna o Superman para ser quem deve ser, ou o Superman cria Clark Kent para matar seu desejo de ser humano, ou Superman é Clark Kent e o usa para matar seu desejo de ser humano, mas o caso do Superman de Alan Moore é diferente, ele é Kal-El, é cria Clark Kent para matar seu desejo de ser humano, e também cria o Superman para ser quem deve ser, e em Para o Homem que Já Tem Tudo, mostra o mundo perfeito dele, em que nunca se quer ouve a necessidade de criar Clark Kent, ou o Superman .

Thumbnail

Um mundo em que Krypton nunca explodiu . O ponto do Superman de Alan Moore é que Superman é o herói ideal, mas oque o faz um herói ideal é o seu lado humano, ele é a representação mais fantástica da imaginação humana, tudo que tem de melhor na humanidade, mas como ficção, ele tem seu lado emocional .

Kal-El precisa do Superman, e precisa de Clark Kent, é isso que o faz sorrir, é isso que o torna o maior de todos os heróis, mas a verdade é que se Krypton não tivesse explodido, ele só não seria apenas um cidadão de Krypton, como não existiria qualquer necessidade de ser mais que isso, ao menos, não existiria pra ele.

O ponto é que na interpretação de Alan Moore, Superman e Clark Kent são criações de Kal-El, são oque o tornam feliz, mas num mundo perfeito, ele não precisaria deles pra ser feliz, um mundo em que Krypton não explodiu é perfeito para o Superman, perfeito o bastante, a tal ponto que dentro da fantasia criada pela Clemência Negra, a vida de Kal tem problemas sérios, coisas horríveis, mas por pior que fossem não eram o fim do mundo, e isso era perfeito o bastante .

Thumbnail

No fim Alan Moore é um dos autores que mais entendeu o Superman, e ao mesmo tempo deu uma nova interpretação, extremamente dramática, humana, sem cometer o erro de ser realista ou esquecer oque o Superman, por isso ele querendo ou não é um dos responsáveis pela história do Superman, e tudo oque ele escreveu é uma afirmação do porque eu creio que o Superman seja o melhor personagem de todos .

  • Excelente post Morpheus. Caprichou nas informações hein. Obg pela recomendação ainda não li ”“Superman – Oque Aconteceu ao Homem do Amanhã?”’

  • Mulher Mortífera

    Ótima analise.’O Que Aconteceu ao Homem de Aço?’ é uma história obrigatória para qualquer fã de quadrinhos! Alan Moore conseguiu fazer um trabalho incrível em tão poucas páginas.

  • kamalla

    ótimo post. Mesmo que eu não goste muito do Superman.

  • Nate grey

    ótima analise mano

  • Morfeu,Recall o Lord do Sonhar

    É a maldição do Alan Moore, não gosta de super-heróis, mas escreve eles bem pra caralho, tô até relendo o Capitão Britânia dele.

  • Mulher Mortífera

    Este Capitão Britânia , é o da Marvel? Nunca li nada dele, me recomende algum arco por favor

  • Morfeu,Recall o Lord do Sonhar

    É o da Marvel. A Panini lançou um encadernado com a fase que o Moore escreveu, é muito bom.
    Outra coisa que tem uma participação mais indireta dele é Arena dos Vingadores, em que os alunos dele da Academia Braddock são alguns dos protagonistas, entre eles o Kid-Bretão, uma versão adolescente dele vinda de outa dimensão.