Resenha | Namor: As profundezas (Marvel Comics)

Em Namor: As profundezas vale dizer que o que realmente importa são as questões morais e subjetivas de cada um, o que induz a nossa reflexão. Ele está na leva do selo criado pela Marvel Comics,  a Marvel Knights que  foi criado com o intuito de trazer narrativas mais adultas e de maior qualidade nesse sentido.

O personagem principal da história é o Dr. Stein, um cientista mundialmente renomado por desbancar os mistérios e os mitos ao redor do mundo. A missão de Stein de encontrar o capitão Marlowe, acaba colocando-o em um submarino com um grupo heterogêneo de “deep-mans” (ou “homens-das-profundezas”), como eles se auto-denominam, veteranos no que diz respeito às vastas profundezas do oceano.

Os autores Peter Milligan e o artista Esad Ribic fizeram um trabalho realmente memorável. A história é no mínimo corajosa, porque o personagem principal de certa forma praticamente não aparece. Mas ele está lá do primeiro quadrinho ao último. É praticamente impossível não associar essa fantástica obra a dois autores clássicos da literatura: H.P Lovecraft e Julio Verne, suas obras O chamado de cthulhu e 20.000 léguas submarinas, notamos claramente a influencia.  Ribic  fez um excelente trabalho ao usar fundos escuros e colocações sutis de luz em apenas alguns lugares. O sombreamento em muitas das cenas submarinas concede-lhes a atmosfera opressiva. A primeira aparição do príncipe submarino é imponente e um dos melhores exemplos do poder. A sensação claustrofóbica é crescente e quase constante.

A Leitura é Fluida e pequena ( apenas 126 Paginas) , em 40 Minutos você consegue terminar, mas claro que fica aquele grande gostinho de quero mais. É interessante ver uma abordagem mais realista e intimista, com um tom de investigação e auto-investigação quando se trata da perda do nosso chão. E usar Atlântida como pano de fundo é genial!

Namor: As Profundezas-2008 á 2009 (Sub-Mariner: The Depths -EUA)

Roteiro: Peter Milligan
Arte: Esad Ribic

Posted Under
  • Homem-Coisa

    Ótima Resenha Angel. Eu nunca li essa história, mas pelo post dá pra ver que ela é foda. Espero que o Namor apareça no futuro do MCU.

  • Obrigado. Desejo isto também, de preferencia que o selo Marvel knights seja criado na Fox futuramente, e a partir daí lancem Namor.

  • Anderson Claudino Dos Santos

    Eu espero que lancem essa história em capa dura, mas não duvido que quando o Namor der as caras no MCU várias histórias dele irão voltar, e ótima crítica Angel, continue assim manow.

  • Obrigado pela força. Também espero que lancem, infelizmente tive que baixa-lo.

  • Homem-Coisa

    Uhhhhh seria foda. Um filme do Cavaleiro da Lua poderia ser lançado nesse selo.

  • Seria ótimo. A fase dele de 2014 á 2016, é maravilhosa. Tem material de sobra para ser adaptado.

  • zoeirinho da internê

    Esad Ribic é um gênio

  • zoeirinho da internê

    Infelizmente nem a Marvel costuma lançar muitas coisas do Namor, tanto que tem anos que ele não possui uma HQ solo.

  • Pantera Negra

    Ótima resenha, Angel. Stella me indicou e me arrependi… de não ter lido ela antes! kkk História foda, arte foda, tudo foda. Se alguém não leu ainda, corra.

  • Obrigado amigo. Ah pensei quase me trolou no comentário hahahaha Também fui indicado por ela. Eu também me arrependi por não ter lido antes, é um personagem com potencial imenso, no cinema se bem aproveitado passará o Homem de Ferro fácil no futuro.