Laura Bailey afirma que as personagens femininas continuam a ser mal representadas na indústria de games

O jogo mais aclamado  da história The Last of Us continua nas bocas da atualidade. Laura Bailey, uma das mais célebres atrizes desta indústria, e que interpretou a polémica Abby em The Last of Us: Parte 2, foi recentemente convidada para um podcast intitulado Good Game Nice Try.

Bailey, num excerto da entrevista comentou:

“Sempre vivi como uma esposa, uma companheira, a rapariga que você estás a resgatar ou algo assim. Não se trata ser uma mulher durona, é mais sobre também existirem mulheres iradas! Felizmente tenho visto muito mais papéis desta dimensão surgirem, com personagens tridimensionais ao invés de meninas sexys brandindo uma espada enorme.

A atriz acredita que os videojogos caminham a passos largos para mostrar uma nova realidade em que acredita, e que trará mulheres mais cativantes e complexas para as suas narrativas, e rematou o final da entrevista comentando:

“O progresso que tivemos na última década foi fenomenal! Abby e Ellie são ótimas personagens justamente porque são demasiado humanas”.