Diretor de Ghost in the Shell crítica as cenas de ação modernas em animes

Numa recente entrevista, Kazuchika Kise, diretor de animação de animes como Ghost in the Shell, Heavenly Delusion, Made in Abyss e Psycho-Pass: Sinners of the System, criticou a forma como as cenas de ação estão a ser representadas na indústria contemporânea de anime. Kise ofereceu uma perspetiva franca e detalhada sobre o uso crescente de CGI em anime, deixando claro o seu ponto de vista crítico.

Kise mencionou que, embora não odeie anime CGI, esse não é o seu gosto pessoal. Ele comentou que prefere vídeos stop-motion que utilizem bonecos de ação, que ele considera realmente impressionantes e que podem ser encontrados frequentemente no Twitter. Para ele, esses vídeos conseguem captar a essência da ação de forma mais convincente.

Em contraste, Kise criticou a velocidade das cenas de ação em animes recentes. Segundo ele, essas cenas são tão rápidas que fica difícil entender o que está a acontecer. Além disso, comentou que os ataques nessas cenas carecem de peso, o que prejudica o seu realismo. Para Kise, as lutas nos animes atuais não parecem realistas porque, em primeiro lugar, ninguém morre ao ser atingido, o que também significa que não parecem dolorosas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *