Conhecendo | Capitão Átomo (DC Comics)

 Capitão Átomo pode não ser um dos super-heróis mais populares das histórias em quadrinhos. Mas se gosta de Doutor Manhattan, saiba que ele é baseado no Capitão Átomo. Ele é um dos personagens mais poderosos e interessantes do Universo DC. O que citarei é a segunda versão, criado em 1986 para o Universo DC do Pós-Crise, com um novo traje e uma série inédita.

 Foi na saga Crise nas Infinitas Terras que, que a par das restantes personagens da Charlton Comics  adquiridas pela DC, o Capitão Átomo se estreou no universo da editora.

Nathaniel Adam durante a guerra do Vietnam, é acusado de um crime que não cometeu, é dada a ele a oportunidade de se juntar a um programa experimental chamado Projeto Átomo. Caso sobrevivesse, seria perdoado pelo presidente. Havia pouca chance de sobrevivência e quando o teste ocorreu, Adam foi enviado vinte anos no futuro. Ao chegar ao ano de 1982, percebe que sua pele ficou prateada e que agora controla a matéria a seu bel prazer. A extensão de seus poderes é desconhecida até hoje, que vai de mudança da realidade, mudança de tamanho, viagem no tempo, teletransporte, invisibilidade á manipulação do campo quântico e por ai vai.

Além de inspiração para a criação do Doutor Manhattan,também foi para a criação do Sentinela e o Marvel Azul .É muito comum que o Capitão Átomo e o Eléktron sejam confundidos. Isso se deve porque o nome de ambos os personagens contém a palavra “Atom” no original em inglês. Mas são personagens muito distintos.

Na realidade de Os Novos 52, a origem e o visual do Capitão Átomo foram retocados. Nathaniel Adam só  há poucos meses adquiriu as suas habilidades e ainda procura aprender a dominá-las com a ajuda do Dr. Megala e do Continuum. Decorrente desse facto, o mundo olha o novo herói com um misto de temor e desconfiança.

Recomendações das principais histórias do personagem:

 

Edição de sua estréia                                                                      Edição #1 da versão Novos 52

Posted Under