Resenha | Pantera Negra – All-New, All-Different Marvel

Pantera Negra é o primeiro super herói negro, ou seja tem uma importância imensa de representatividade no mundo dos quadrinhos. É um dos ícones culturais mais importantes da Marvel. Os personagens negros não eram protagonistas nos quadrinhos, depois de dois anos após a aprovação da Lei dos Direitos Civis nos EUA, um marco histórico aconteceu e foi a primeira aparição do Pantera Negra.

Wakanda é nação africana que possui uma sociedade tecnologicamente avançada, além de ser dona de um grande depósito de um recurso natural extremamente raro, chamado Vibranium ,que, pra quem não sabe, é o metal mais resistente do Universo Marvel, sendo usado na maior parte do uniforme do Pantera Negra e no escudo do Capitão América.

A história se inicia logo após o evento das Guerras Secretas. Wakanda foi invadida e devastada e a irmã do Pantera Negra, Shuri,acabou morrendo. Isso é especialmente traumático para os cidadãos de Wakanda, uma vez que o país há muito tempo era impenetrável graças ao poder de seu governante e sua poderosa tecnologia. Como resultado, as pessoas perderam a fé em seu rei e a história começa com uma revolta repentina no Great Mound (a fonte do vibranium, o super metal de Wakanda). Ao ver seu povo controlado por um inimigo invisível, T’Challa e seus soldados reviram a multidão em busca de quem a está organizando.

O novo rei , T’Challa, precisa se posicionar diante do caos que está se espalhando, ele estava sumido há algum tempo, mas volta pela sua nação. Até porque, sua irmã, Shuri, que governava enquanto rainha e sob o manto de Pantera Negra, acabou morrendo ao defender Wakanda do exército de Thanos.  Wakanda  passou por tempos brutais, para levar o manto do líder e T’challa precisa restaurar Wakanda .

 A arte é de um dos artistas mais bonitas,  Brian Stelfreeze , trabalhou em quadrinhos como Batman: Shadow of the Bat e Matador para Wildstorm. O roteiro de Ta-Nehisi Coates é simples e ao mesmo tempo elaborado. Claramente, Coates é um escritor experiente. A arte tem um senso de design que é perfeito para uma HQ como esta. Coates faz um bom trabalho ao mostrar T’Challa tentando recuperar as rédeas de seu país depois de deixar os outros – especificamente sua irmã Shuri – dominar em seu lugar. Há um ódio e uma dissidência entre o seu povo agora, o que parece estar em desacordo com o que conheço sobre Wakanda, uma nação que normalmente é tão idílica e quase perfeita. Há coisas fascinantes aqui.

Mesmo você sendo  um novato sobre Pantera Negra, recomendo ler está história sem ter lido sua primeira edição clássica. Este quadrinho é cheio de potencial. E ”casa” com muitas coisas que o filme solo em live action do personagem, devido a diversos elementos retirados deste.

Posted Under