Lista | Top 10 Dublagens que Ficaram Melhores que as Originais

Ah, a dublagem. É uma profissão antiga no Brasil, mas apenas mais recentemente ela vem ganhando mais reconhecimento, as pessoas estão buscando saber de quem são as icônicas vozes por trás de seus personagens favoritos. Em homenagem ao trabalho desses atores de voz, trago uma singela lista com os dubladores brasileiros que executaram um trabalho tão brilhante que, na minha opinião, ofuscou a qualidade do original. Vamos lá?

10 – Gru por Leandro Hassum: OK, OK, talvez seja uma heresia classificar um comediante da Globo como superior ao premiado Steve Carell – que também fez um excelente trabalho, diga-se de passagem -, mas, a meu ver, ele deu um carisma muito grande ao personagem, mantendo a essência do original (com aquele sotaque europeu característico), mas dando o seu toque pessoal e deixando o protagonista de “Meu Malvado Favorito” bem simpático. Destaque também para seu colega de profissão, Marcius Melhem, no papel de Vetor.

9 – Sid por Tadeu Mello: impossível ouvir esse sotaque nordestino e não associá-lo ao personagem Sid, de “A Era do Gelo”, feito por Tadeu Mello, também conhecido por integrar uma das formações da “Turma do Didi”. Os globais Márcio Garcia (Diego), Diogo Villela (Manny) e Cláudia Jimenez (Ellie) também fizeram ótimos trabalhos, mas a voz de Sid é a que mais se destaca, ainda mais por ter se saído melhor do que o competente John Leguizamo.

8 – Carl Fredericksen por Chico Anysio: em um de seus últimos trabalhos para a mídia em geral, o genial comediante Chico Anysio, responsável por criar tantos personagens marcantes para a TV, como o Professor Raimundo e o vampiro Bento Carneiro, foi magistral interpretando a rabugice do personagem Carl em “Up – Altas Aventuras”, superando a atuação de Ed Asner. Engraçado notar que o cachorro Dug foi interpretado pelo próprio filho de Chico, Nizo Neto, que é também dublador profissional.

7 – Síndrome por Alexandre Moreno: Alexandre é um dublador extremamente versátil, tendo feito grandes trabalhos como Adam Sandler, Alex de “Madagascar” e o Gato de Botas de “Shrek”, para ficar apenas em alguns exemplos. Mas, dentre tantas atuações de qualidade, a sua melhor dublagem, a meu ver, é o vilão Síndrome de “Os Incríveis”, feito no original por Jason Lee. Ele conseguiu passar um ar cômico e ameaçador ao mesmo tempo, compondo um personagem muito carismático, um dos grandes destaques do filme.

6 – Gênio por Márcio Simões: Robin Williams fez uma interpretação admirável, inclusive muitas das imitações e referências do Gênio são puro improviso do ator que os animadores decidiram incluir no filme. Contudo, Márcio é um dublador veterano que já encarnou diversos papéis, tendo, a meu ver, se imortalizado com dois personagens: Patolino e Gênio, o qual escolhi para integrar a lista. Inclusive, a voz dele vai cair como uma luva para o filme live-action de Aladdin, já que Will Smith irá fazer o Gênio, ator cuja voz oficial no Brasil é também de Márcio.

5 – Batman por Márcio Seixas: independente de todas as polêmicas e escândalos que envolveram o dublador nos últimos meses, devemos saber separar a vida pessoal da vida profissional. Ele pode ser uma pessoa “execrável”, como ele mesmo costuma dizer, mas seu trabalho como Batman/Bruce Wayne em diversas animações e no jogo “Injustice 2” é memorável, para dizer o mínimo, fazendo parte da infância e adolescência de muita gente, e não deixando nada a dever ao também excelente Kevin Conroy.

4 – Kenai por Selton Mello: Selton é um dos atores brasileiros mais competentes que há (pau a pau com Wagner Moura, na minha opinião), e possui diversos trabalhos em dublagem – inclusive na nova animação “Lino”, que estreou este ano. Ele é mais reconhecido por seu trabalho como Kuzco em “A Nova Onda do Imperador”, mas gostaria de ressaltar também sua atuação em “Irmão Urso”, onde pudemos ver mais da sua veia dramática interpretando o protagonista, tendo conseguido superar Joaquin Phoenix no original.

3 – Bruce Willis por Newton da Matta: normalmente, os dubladores de atores/atrizes acabam sendo mais subestimados que os dubladores de desenhos, afinal é extremamente difícil superar o trabalho de um ator conceituado. No entanto, há exceções, como Luiz Feier Motta na voz de Sylvester Stallone e Garcia Júnior na voz de Arnold Schwarzenegger, entre outros casos, os quais associamos diretamente aos respectivos atores. Mas o saudoso Newton da Matta, que Deus o tenha, foi “A” voz do Bruce Willis. Ouvir o ator em inglês ou com outros dubladores parece até meio estranho, de tão bem encaixada que ficou a sua dublagem.

2 – Goku Adulto por Wendel Bezerra: que me perdoe a Seiyü do Kakarotto, Masako Nozawa (que, inclusive, é a recordista por dublar o mesmo personagem por mais tempo), mas simplesmente a sua voz não se encaixa com o Goku adulto, ele parece uma pessoa totalmente diferente. Já Wendel consegue transmitir ao mesmo tempo maturidade e inocência com sua voz, deixando o Goku bem mais heroico e imponente, sem perder seu ar cômico. Acho que é um dos poucos casos em que a dublagem de animes supera o original, já que a dublagem japonesa é considerada a melhor do mundo. Destaque ainda para Carlos Campanille como Freeza, que ficou bem mais ameaçador que o original.

1 – Freakazoid por Guilherme Briggs: o primeiro lugar não podia ser de outro. Quando Briggs, que talvez seja o dublador profissional mais reconhecido no Brasil e exterior, foi escalado para viver o personagem, ele levou o roteiro para casa e o reescreveu completamente, incluindo falas novas, com referências e piadas 100% brasileiras para o amalucado personagem realizado no original por Paul Rugg. E ficou muito melhor, tanto é que o desenho fez grande sucesso no Brasil, enquanto a audiência despencava no exterior, o que surpreendeu até mesmo os executivos da Warner nos EUA. Confesso que eu não cheguei a assistir na época, mas vendo hoje, é possível perceber o mesmo carinho que Briggs sempre entrega a cada papel que ele faz, por menor que seja, tornando emblemático um personagem que hoje talvez estaria esquecido pela maioria.

Menções Honrosas: Orlando Drummond como Scooby-Doo, Isaac Bardavid como Dr. Robotnik, Mário Monjardim como Salsicha, Pedro Eugênio como Billy (As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy), Marco Ribeiro como O Máskara, Marcelo Campos como Yugi Muto (Yu-Gi-Oh!), entre muitos outros.

Hors-Concours: vale mencionar também Rodrigo Santoro no papel de Túlio, dos filmes “Rio” 1 e 2. O caso dele é inédito na história da dublagem, até onde eu sei: é o único que fez a voz do mesmo personagem em duas línguas diferentes – e ambas ficaram muito boas, por sinal. Assim sendo, não dá para fazer uma comparação, pois é a mesma pessoa.

Claro que acabei não mencionando diversos dubladores, então essa é a tarefa de vocês: quais vozes faltaram na lista? Concorda ou discorda das escolhas apresentadas? Qual é o seu dublador favorito? Compartilhe com a gente suas opiniões no espaço logo abaixo e, se tiver alguma sugestão para um futuro post aqui no site, comente também. Obrigado pela atenção!!

  • OBS. 1: desculpe pelo amadorismo das montagens, eu sou bem noob nisso kkkk.
    OBS. 2: estou preparando uma parte 2 deste post, só com dubladoras, já que acabei não mencionando nenhuma em todo o Top, para fins de igualdade ^^

  • Excelente lista Bruno. Goku por Wendel Bezerra é a melhor coisa, muito melhor que a dubladora original. Que é histérica.

  • Max

    Machista taxista opressor É uma ótima ideia. Sendo honesto, de nome, só lembro da Priscila Amorim, a voz da Mulher-Maravilha, infelizmente trocada para os filmes…

  • Max

    Ótimo post! Eu gosto muito de dublagens, mais ainda quando reconheço a voz de determinado personagem. Foi muito louco quando vi na internet que o Briggs também dubla/dublava o Cosmo de Padrinhos Mágicos e ‘Ele’ em Meninas Super-Poderosas… XD

  • Obrigado, Max! Eu também sempre curti dublagem. Antes mesmo dos dubladores terem canais no YouTube, irem a eventos, etc, eu já gostava de saber quem estava por trás da voz de tal personagem. Eu gosto muito da interpretação dele no Buzz Lightyear também (“eu sou a Dona Marocas!” kkkk).

  • Obrigado, Stella!! Realmente, antes mesmo de assistir o DB Super, eu jogava alguns games de Dragon Ball em japonês, e me perguntava: “mas que raios é essa voz de taquara rachada do Goku??” kkkkkk.

  • Kkkkkkkkk só faltou o taxidermista!
    Foi uma das primeiras que pensei. A voz dela na Diana casou perfeitamente. A Flávia Saddy, que faz a heroína nos filmes, é boa também, mas não é tão imponente, a MM fica meio “menininha” rs.

  • RiptorBR

    Bela lista meu caro.

  • Valeu, mano Riptor ^^
    Logo, logo está saindo a parte 2, fique ligado hehe.

  • RiptorBR

    De nada ^^
    Ótimo

  • É uma idosa de 60 e poucos anos eu fiquei pasma kkkk

  • Pois é, quem diria kkkkk. Mas deve ser tão memorável para os japoneses quanto é o Wendel para nós, brasileiros. Aposto que eles devem estranhar também a nossa versão.

  • Sim ela é icônica no japão, por isso não foi substituída. Ela está desde o começo de Dragon Ball Z

  • Sim, ela fazia a voz do Goku desde que ele era criança – que eu acho que combina bem mais com o timbre dela.

  • Herbie: The Love Bug

    Ótima lista, Bruno.
    Mesmo sendo uma pessoa execrável, Seixas fez um excelente trabalho. Pena que descobrimos que ao invés de ser o Batman, ele não passava de um Harvey Dent…
    https://www.youtube.com/watch?v=mOrJzT0pAA0

  • Kkkkkkk esse eu não tinha visto ainda. Essas montagens que os caras fazem são hilárias. Realmente, “Duas-Caras” é uma ótima definição para o Seixas. Obrigado pelo apoio, Herbie!

  • Herbie: The Love Bug

    E a série sobre ele pelo jeito não acaba. Vai durar umas 20 temporadas. Uma melhor que a outra kkkkkkkkk

  • Você viu que ele processou o Marcelo Rezende?? Pediu ressarcimento, perdas e danos e acusou o cara de tudo que era possível… inclusive de “estelionatário” kkkkkk.

  • Herbie: The Love Bug

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Sif Udeu

    É sempre bom reconhecer o grande trabalho que os dubladores brasileiros fazem. Boa lista.

  • Obrigado, Sif (belo trocadilho do seu nick kkkk). Para mim, foi uma satisfação fazer o post, e em breve pretendo publicar a segunda parte dele.

  • ótima lista amigo. Meu preferido com certeza é Márcio Seixas e Wendel Bezerra são vozes icônicas.

  • Muito obrigado, Angel!! É uma pena que depois de todo aquele bafafá, acho bem difícil que o Seixas venha a dublar novamente – a Warner, pelo menos, não vai querer ligar a má reputação dele aos seus produtos. Ficamos com o seu legado de ótimas dublagens. O Wendel também é sensacional, e parece ser muito gente fina.

  • E o Rei Julien.

  • Ótimo post.
    Não conheço o Freakazoid…
    Vou procurar este.

  • Bah, verdade!! Como esquecer de: “Eu me remexo muito/Eu me remexo muito…” kkkkkk

  • Obrigado, mano Sentinel! Eu também não conhecia muito sobre ele, mas sempre vi que o Briggs o valorizava bastante. É tipo Animaniacs, a mesma pegada de humor – mas com a dublagem BR, fica bem engraçado mesmo. Tem um episódio em que o Freakazoid imita o Sílvio Santos kkkkkk muito bom.

  • Otima lista!

    A dublagem de Chico Anysio é espetacular mesmo.

  • Obrigado, Gabriel! O tom de voz e a interpretação dele caíram como uma luva no personagem. Se a Pixar algum dia fizer o 2 (espero que não, pois o final do 1 é perfeito), não vai ser a mesma coisa para nós.

  • Illyana Rasputín

    Excelente lista @@brunoabransan:disqus . Vai lançar a parte 2 quanto?

  • Muito obrigado, Illyana!! Eu tenho mais uns dois artigos engatilhados que vou lançar nos próximos dias. Depois deles, vou trabalhar na parte 2, que vai ser um pouco mais complicada de fazer. Em breve, estará disponível aqui no site 😉